Alergia a lactose quais os sintomas

A intolerância ou alergia a lactose é a incapacidade do individuo de aproveitar a lactose, ou seja, este ingrediente provindo de leite animal é fermentado pela flora intestinal, o que resulta no aparecimento de gás e ácidos orgânicos, ou seja, na denominada diarreia osmótica que causa grande perda intestinal de líquidos orgânicos. Por que isso acontece? Na superfície mucosa do intestino delgado há duas células que produzem, armazenam e liberam uma enzima digestiva, a denominada lactas que tem como função digerir a lactose. Assim, a pessoa que sofre com a intolerância a lactose não possui a quantidade suficiente desta enzima ou não realiza a produção da mesma, assim como não é digerida no estomago, a lactose se encaminha para o intestino, local em que ocorre a fermentação. Há pessoas que nascem sem a capacidade de produzir lactase, assim muitos bebês não pode ser amamentados, caso contrário, o efeito será diarreia. No entanto, há também quem passe a deixar de produzir a lactase na vida adulta, sendo que esta incapacidade de produção pode ser ou não temporária.

             

Os sintomas da alergia a lactose pode variar de pessoa para pessoa e também de acordo com a quantidade de lactose ingerida, por este motivo, há quem sofra com a intolerância a lactose e pode ingerir uma determinada quantidade de leite, por exemplo, diariamente. De acordo com especialistas, esta quantidade não pode ser superior que dois copos de leite, tendo entre eles um grande intervalo. Geralmente os intolerantes a lactose, quando ingerem a substância começam a sentir algumas mudanças abdominais, como maior produção de gases, barriga inchada, ruídos, cólicas, diarreia líquida, além de ardência anal e assadura recorrente a acidez fecal e sua frequência. O diagnóstico do problema é realizado através do teste de intolerância a lactose, exame no qual o paciente deve fazer a ingestão de 50 a 100 gramas de lactose com auxílio de água, e após a ingestão deste, é colhido sangue de 4 a 5 vezes em um espaço de 2 horas. Caso haja uma grande diferença entre a dosagem sanguínea da lactose em jejum e o pico de curva das medidas forem inferior a 20mg, o resultado é positivo, ou seja, há má absorção de lactose.

Em relação ao tratamento da intolerância a lactose, este é feito principalmente focando na prevenção, ou melhor, na suspensão da ingestão de leite e seus derivados e também da tomada prévia de um tipo de fermento sintético caso haja a ingestão de lactose. É válido ressaltar que muitos medicamentos, incluindo anti-reumáticos e anti-diarréicos possuem em sua fórmula lactose.

0 voto



Maikon
29/04/11



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. eu tenho um filho que e alergico a lactose

    allyce nascimento da silva
    02/12/13 às 3:46 pm

X
Curta a página