Células do Tecido Conjuntivo e suas funções

O tecido conjuntivo forma verdadeiramente um esqueleto que tem a capacidade de sustentar regiões moles e regiões mais rígidas do corpo, além de ter a função de apoiar e de ligar outros tecidos e órgão. Este tecido tem como característica a gigantesca quantidade de material intracelular que é utilizado para preencher espaços, e atuar como elemento de transporte e defesa dos órgãos e tecidos do organismo. Quanto às células do tecido conjuntivo, estas possuem funções e formas distintas, mas todas são imersas em abundância na matriz extracelular, que nada mais é do que a massa que une as células, a qual é composta por outras inúmeras células, como proteoglicanos, colágeno e outras que permitem a migração das células ao longo do desenvolvimento do ser, e que também proporciona flexibilidade ao corpo. Há células do tecido conjuntivo que são produzidas no próprio tecido e ali permanecem, mas existem outras, como por exemplo, os leucócitos que se originam em outro território, passando a temporariamente habitar o tecido conjuntivo.

Quais são as células do tecido conjuntivo? Suas respectivas funções? Veja-as logo abaixo para maior compreensão e entendimento deste importante tecido:

-Plasmócito: são pouco numerosos e tem como origem o linfócito B, e se faz presente quando há risco de contaminação, já que sua função é produzir anticorpos, ação de defesa. Tem como características: citoplasma abundante, grande quantidade de Retículo Endoplasmático Rugoso (RER), nucléolo bastante evidente, e não possui vesícula secretora.

-Mastócito: possui reação imune, ou seja, age nos processos inflamatórios e também nas alergias, produzindo histamina. Dentre suas características, destacam-se: grande quantidade de vesícula secretora, e atração de células de defesa ao local da inflamação (quimitaxia).

-Fibroblasto: tem a função de sintetizar as fibras de colágeno e de elastina, ou seja, na síntese e na produção de matriz, e ainda realiza reparo. Suas características principais, são: grande quantidade de prolongamento, nucléolo grande e evidente, e citoplasma abundante.

Além destas principais típicas células do tecido conjuntivo se fazem presentes outras células, não menos importantes, como: adipócito (armazenamento de gordura), condrócito (estrutural), eosinófilo (participa de processos inflamatórios), linfócito (defesa), macrófago (atua na defesa a partir de sua alta capacidade de realizar fagocitose), neutrófilo (defesa).

1 voto



Maikon
27/11/10


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook