Como acabar com a afta na boca

As aftas são verdadeiramente um desconforto para toda e qualquer pessoa, sendo que a pessoa que gosta de sofrer com a afta que atire a primeira pedra. A única coisa que a pessoa que está com afta deseja no momento é colocar um fim nesta dor da boca, em que ao comer ou beber algo, é verdadeiramente insuportável. Mas você sabe o que é afta? É nada mais do que uma úlcera que pode aparecer em qualquer parte da cavidade oral, como úvula, garanta, gengiva e lábios. São lesões com formato ovais, sendo rasas e limpas, esbranquiçadas ou às vezes amareladas, isto é, não apresenta pus, sinais de infecção ou bactérias. Contudo, podem ser únicas ou múltiplas, grandes ou pequenas. E quem dizer que nunca teve afta, está literalmente mentindo, pois todo mundo já teve ao menos uma única vez ao longo da vida, já que 20% da população sofre com aftas constantemente, e são mais comuns entre os pré-adolescentes, adolescentes e adultos jovens, sendo que a sua aparição desaparece com o passar dos anos.

Apesar de serem lesões benignas, as aftas são lesões dolorosas e que atrapalham as atividades mais simples do ser humano, como comer, falar e até mesmo beijar. E por mais numerosa e maior que sejam, as aftas não causam mau-hálito, por isso, descarte este fator como causa de seu problema de higiene. Felizmente, as aftas não são contagiosas e quanto as suas causas, saiba que estas não estão muito bem esclarecidas, já que podem ser resultantes de desequilíbrio no sistema imune, além de outras como:

-Traumas locais, como por exemplo, mordidas acidentais;
-Noite de sono má dormida ou poucas horas de sono;
-Determinados cremes dentais que possuem em sua composição o sódio-lauril-sulfato;
-Refluxo gastro-esofágico;
-Deficiência de algumas vitaminas e minerais como: vitamina B12 e C, ferro, zinco, e ácido fólico;
-Presença da bactéria Helicobacter pylori, a mesma que causa úlcera gástrica;
-Determinados alimentos como chocolate, e bebidas, café e bebidas ácidas;
-Modificações hormonais durante o ciclo menstrual;
-Estresse psicológico.

Em média, a maioria das aftas persistem por aproximadamente 1 a 2 semanas e costuma sarar sem deixar nenhuma cicatriz, enquanto as afta maiores que são mais profundas e com diâmetro de 1 centímetro podem levar até 6 semanas apara desaparecer e podem deixar cicatriz. Além disso, as aftas podem surgir acompanhadas de linfonodos no pescoço, ou seja, por ínguas, e ainda por mal estar e febre baixa.

Quanto ao seu tratamento, infelizmente não existe um medicamento específico e muito menos milagrosos para acabar com a afta, isto é, não existe nenhuma substância que cure a úlcera de um dia para o outro, tendo assim apenas tratamentos que visam acelerar o processo de cicatrização. Os medicamentos mais utilizados para encurtar a permanência da afta em sua boca são: acetonido de triancinolona (OMCILON-A) e Amlexanox (Aphthasol).

1 voto



Maikon
26/10/10


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook