Como aceitar o fim do relacionamento

Foto sendo rasgada

Quando se está tudo indo de vento em popa nunca se passe pela cabeça, será que ele (a) é mesmo a pessoa ideal para mim? Será que ele (a) gosta tanto de mim quanto eu gosto dele (a)? Assim, logo vem à mente que esta é a pessoa certa, o namorado (a) perfeito, bonito (a), gentil, alegre, romântico (a), mas de repente você vê esta pessoa tão especial em sua vida virar as costas e ir embora dando como desculpas que o relacionamento estava desgastado e que apesar de todo o amor ele (a) precisava ir embora. No entanto, esta e outras explicações sem coesão alguma mostra simplesmente que ele (a) já encontrou uma nova pessoa, que está feliz e facilmente se esqueceu de que deixou um alguém que o ama em ruínas e em uma verdadeira fossa. Quando o fim do relacionamento chega independente do motivo que o (a) levou a tomar esta decisão, logo faz com que você fique mal e super triste com a situação, e como não é possível prender ninguém consigo, rapidamente você se afoga em suas lágrimas, em seus sentimentos, em seus pensamentos.

Contudo, você apenas conseguirá sair desta fase quando perceber que a culpa deste sofrimento todos é sua, isso mesmo, você é a também responsável pela sua infelicidade e tristeza, principalmente por permitir que pessoas entrem em sua vida e façam o que elas bem entendem. Desta forma, logo vem outra dúvida: como saber quem é a pessoa certa e a errada que devemos controlar a entrada em nossa vida? Lembre-se de que príncipe encantando não existe, assim como um alguém perfeito sem defeitos, algo que contrária a nossa falsa ideia que cresce em nossa mente há tempos, pois quem é que nunca sonhou com a pessoa perfeita? São muitas as pessoas que criam grandes expectativas para as relações, sobretudo, na outra pessoa. Lembre-se sempre de que você não depende de outra pessoa para te salvar ou para ser feliz, a sua felicidade é você quem faz e principalmente é você quem deve buscar.

Por que um relacionamento apenas dá certo quando dura para sempre? Será que não deu certo pelo simples fato de ter durado um dia, um ano, um mês? Você foram felizes juntos naquele momento, não? Então, por que será que lamentamos a perda ao invés de comemoramos a felicidade que experimentamos? Por que aceitamos a decisão da outra pessoa de não mais querer a nossa companhia? Você pode não ter percebido, mas ambos podiam estar caminhando para caminhos diferentes, tendo objetivos distintos, e/ou quando um ou ambos tomam a decisão de mudar de caminho surge a possibilidade de terminar o namoro. Pense em uma mulher, tente se lembrar de com 15, com 20 e com 30 anos, os pensamentos, os desejos e os sonhos mudam, e quem está ao seu lado também.

Para que você consiga aceitar o fim do namoro é preciso que você busque uma pessoa normal, como você, com defeitos e qualidades. Mas antes de tudo, aprenda a ser feliz sozinho e passe a acreditar em um relacionamento sem cobranças, sem sofrimentos e sem correntes. Dizer que você será feliz para sempre é impossível ou até mesmo burrice, assim responda apenas a uma pergunta: você é feliz neste exato momento? Isto é o que importa!

1 voto


Maikon
29/05/11


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook