Como acontece a fecundação do óvulo


Todos sabem que é através da fecundação do óvulo através de um espermatozóide que um novo feto começa a ser gerado. Mas você sabe como este processo é realizado? O que acontece até o encontro entre os gametas de reprodução? É aproximadamente após quatorze dias do começo do período menstrual que há maiores chances de ocorre a fecundação, muitos não sabem, mas o homem tem a produção diária de espermatozóide nos testículos, os quais levam cerca de dois meses para serem produzidos, e em uma ejaculação são expelidos mais de 500 milhões de espermatozóides. Já a mulher não produz diariamente um óvulo, muito pelo contrário, a mulher nasce com aproximadamente quatrocentos mil óvulos imaturos em seus ovários, cada um com sua própria bolsa que recebe o nome de ovariano. Quando a mulher se encontra sexualmente madura, a ovulação ocorre a cada vinte e oito dias, ou seja, a cada este intervalo de tempo um novo folículo amadurece e rompe em um de seus ovários e expele um óvulo, o qual se encaminha para a trompa uterina, local em que ocorre a fecundação. Assim, a mulher já tem a sua reserva de óvulo, sendo que é preciso esperar estes se amadurecerem, e é por este motivo de não ter uma produção diária ou mensal que a mulher com o passar dos anos se torna infértil, por exemplo, uma mulher de cinquenta anos possui ovários também com cinquenta anos, assim há menores chances de ocorrer à fecundação. O que é diferente dos homens, os quais são férteis para o resto da vida devido à produção constante de espermatozóides.

             

A célula espermática tem a forma de um girino e tem o tamanho de aproximadamente 1/1.500 centímetros da cabeça à cauda, sendo considerada uma das menores células do organismo, apesar de ser mais ativa do que o óvulo. Para que ocorra a fecundação do óvulo é necessário que a ejaculação tenha pelo menos vinte milhões de espermatozóides que penetrem o corpo feminino de uma só vez. Em contato com a vagina, muitos espermatozóides morrem devido o pH vaginal que é tóxico para estas células, por este motivo, o número de esperma deve sem grande para aumentar as chances da gravidez. Ao adentrar no organismo feminino, os espermatozóides nadam até a abertura do útero para a trompa uterina, e até este ponto, é pouca a quantidade de espermatozóide que consegue chegar, e somente uma célula pode penetrar no óvulo e assim gerar um zigoto. Contudo, o esperma possui em sua cabeça o acrossomo, que contém enzimas que auxiliam na penetração do óvulo e quando um espermatozóide consegue fecundar o óvulo, o mesmo se torna impermeável, não deixando nenhum outro adentrar.

Após a fusão entre o espermatozóide e o óvulo ocorre a formação de um zigoto, que rapidamente se divide e se encaminha para a cavidade uterina, local em que se implanta na camada interna, e nesta zona de implantação desenvolve-se posteriormente a placenta, órgão com estrutura complexa que tem a função de nutrir o feto, e ainda proporcionar a respiração e a eliminação de secreções. Os espermatozóides tem a capacidade de fecundar o óvulo com o intervalo de tempo entre vinte e quatro a quarenta e oito horas, e se não ocorrer neste período, tanto os espermatozóides quanto o óvulo morrem, sendo que as células espermáticas se transformam em um banquete para as células brancas do sangue e o óvulo é eliminado pela vagina, ou seja, pela menstruação.

0 voto



Maikon
27/02/11



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. ola boa tarde
    gostaria de saber estamos entre familha debatendo si o esperma e o feto dizendo a cabeça do esperma e a mesma do feto

    zizelda gomes
    15/07/12 às 5:27 pm

X
Curta a página