Como controlar o ciúme do namorado

Ter ciúme é natural, mas esse sentimento em excesso pode prejudicar a relação a dois. Saiba como controlar esse sentimento.

Qual é a pessoa que nunca sentiu ciúmes de uma pessoa próxima que atire a primeira pedra. É unanime, praticamente todas as pessoas já sentiram, sentem ou vão sentir ciúmes de alguém, é um sentimento da condição humana e se faz presente em toda e qualquer relação, seja de amizade ou de amor. Assim como o amor, o ódio, a raiva e outros, o ciúme é uma característica humana positiva quando controlado, o qual sugere proteção e cuidado da pessoa que amamos. No entanto, o ciúme deixa de ser normal quando se tem em excesso, o qual pode se transformar em sentimento de posse, se tornando incontrolável. De acordo com especialistas, a nossa primeira experiência com o ciúme ocorre quando somos bebê, ou seja, na relação entre a mãe e recém-nascido, o qual é totalmente dependente dela e para garantir a presença constante da mãe e consequentemente de segurança e amor, a criança chora, modo que encontra para trazer quem te traz segurança e conforto. Este medo de perder ou de abandono não são compreendidos e muito menos conhecidos por uma pessoa ciumenta, pois esta não consegue aceitar o individualismo do outro e qualquer pessoa ou relacionamento fora da relação pode se tornar um risco. Uma pessoa ciumenta pode procurar vestígios de alo que nem mesmo exista em sites de relacionamentos do parceiro (Orkut, Facebook, Twitter, Badoo, Msn e outros), vasculhar a caixa de emails, espionar o celular, analisar as roupas, com quem está e/ou onde está, quer saber constantemente que horas vai voltar, enfim, esta pessoa sofre frequentemente com o medo de perder e de ser deixada.

Contudo, é válido ressaltar que uma pessoa ciumenta não é assim porque deseja ser desta forma, o ciúme e desconfiança no relacionamento significam que nada está legal, e muito pelo contrário do que muitos pensam, ciúmes não é uma doença e muito menos excesso de amor, pois tentar limitar ou colocar um fim nos momentos de lazer e de profissionalismo da pessoa amada não é amor e sim egoísmo ou medo de perder. Desta forma, não adianta de nada tentar controlar o ciúme quando a sua causa não é descoberta, algo que justifica o motivo de muitas pessoas prometerem que não mais agirão assim e infelizmente não conseguem cumprir. As experiências reais do abandono e a ausência de autoestima e ainda a traição são as principais causa do ciúme para com o namorado. Quando a mulher já viveu muito mais experiências negativas do que positivas, ela pode contar com maiores dificuldades de se amar, o que consequentemente faz com que a mesma credite que as outras melhores sejam melhores que ela. Por este motivo, a autoestima se faz muito importante para toda mulher, pois é somente a autoestima em alta que fará com que ela conheça o seu valor e comece a se aceitar, ter confiança e segurança e posteriormente ter um relacionamento saudável. Você pode não perceber, mas uma mulher que já foi traída tem o receio de que isso aconteça novamente, seja neste ou em um novo relacionamento, e assim é de grande importância que ela esteja atenta a sua autoestima e a conversar sempre com seu parceiro, algo que é verdadeiramente essencial em todo namoro.

Assim quando o ciúme se fazer presente é necessário que você analise os seus motivos e os níveis de dependência que você tem em relação ao seu namorado, já que quanto maior é o nível de dependência, maior será o medo de perder e maior será o ciúme. Lembre-se de que é importante que você ame primeiramente si mesma e esteja feliz independente de outras pessoas, pois o que vier desde então, haverá encontros sem medo, sem posse, sem ciúmes.

Mais sobre Como controlar o ciúme do namorado

Veja mais sobre relacionamento




Maikon
25/03/11

Mais informações por email.

Comentar sobre Como controlar o ciúme do namorado

Destaque

Presentes personalizados para o namorado

Presentes personalizados para o namorado