Como deixar de comer unha

A mania de comer unha além de prejudicar a própria unha, pode causar alguns outros problemas. Saiba como conseguir parar.

Você certamente conhece alguém que come ou roe unhas não? Se você é uma destas pessoas, você além de se constranger com tal ato, nota que é nada mais do que um vício. Toda vez que você precisa exibir os dedos de certa maneira a vergonha vem à tona, os dedos tortos e verdadeiramente nada estéticos te deixam encabulado (a) e mais uma vez a tentar parar de comer unha, mas esta é mais uma tentativa sem sucesso. Quando você percebe é tarde demais, as unhas já estão na boca e fazendo com que os dentes atuem como serrilhas. As unhas são literalmente mastigadas com insistência e força, a pele que envolve as unhas também são devoradas, enquanto os dedos sofrem grande pressão até não mais suportarem, e assim respondem com o aparecimento de sangue que vaza entre as cutículas. Este é o momento que a pessoa nota que é o momento de parar, o qual duro pouco, ou melhor, até a cicatrização para que o ciclo recomece mais uma vez. De acordo com terapeutas, o ato de roer unhas esta associado com alguns sentimentos, como angústia, ansiedade, falta de segurança e muita timidez. Contudo, este é um problema que não necessita de terapias para ser corrigido, já que a vontade de parar é necessária, sendo que na maioria das vezes basta o problema principal ser tratado para que a pessoa deixe de roer unha.

O ato de roer unhas geralmente se inicia na infância, principalmente em famílias em que os adultos não dão o espaço suficiente para que as crianças manifestem suas opiniões ou digam o que desejam. A longo prazo, comer unhas e puxas a cutícula ou a pele da cutícula com a boca provoca o aparecimento de uma infecção denominada de paroníquia crônica, a qual acontece ao redor das unhas e tem como caracterização inchaço, aumento da sensibilidade e vermelhidão. Esta doença interfere no formato das unhas e pode ainda comprometer o seu crescimento, já que é abaixo da cutícula em que se encontra a matriz da unha, a qual é na maioria dos casos danificadas pelos viciados em roer unhas. Desta forma, a pessoa que roe unha fica com a mão com uma aparência desleixada algo que a incomoda muito, assim a melhor forma é identificar as situações em que os dedos mais estão presentes na boca. De acordo com psicoterapeutas, as unhas são nossas garras e quem a roe está literalmente comendo a sua própria agressividade, e o individuo que possui medo ou receio de se expor precisa aprender a conduzir esta energia mais fortemente ao invés de triturá-la.

Mais sobre Como deixar de comer unha

Para as mulheres pintar as unhas, mascar um chiclete por ser uma forma alternativa. Há mulheres também que optam por usar unhas postiças, já que a grande maioria roem até mesmo esmalte. Esmalte com gosto ruim é também uma maneira buscada pelos roedores de unhas de abandonar o vício, algo que não conta com bons resultados. Dificilmente tais atitudes resolvem o problema, a solução indicada é que a pessoa crie segurança para se expor, e uma forma de ajudar nesta tarefa e ter sempre a mão um bloco de notas ou um caderno pequeno para anotar os momentos em que você sente maior vontade de levar o dedo até a boca. Fazendo isso você poderá notar com maior facilidade os focos de ansiedade e facilitando assim como aliviar tal sentimento.

Saiba mais sobre unhas

29/05/11 por Maikon

   



Mais informações por email

Comentar