Como evitar uma gravidez indesejável na adolescência

Gravidez na adolescência

A adolescência é uma fase conturbada, de transformações, questionamentos, dúvidas e mudanças físicas e psicológicas. Muitos são os assuntos debatidos durante essa fase: estudos, família, e relacionamentos. A descoberta do corpo e o início de um relaciona meto pode encaminhar à gravidez precoce. No Brasil, estima-se que, a cada ano, cerca de 20% das crianças que nascem sejam filhas de adolescentes. O número de garotas que são mães com menos de 15 anos é três vezes maior do que o registrado na década de 70.
A principal questão em torno à gravidez precoce é que, enquanto o útero já está preparado para conceber uma vida, a mente passa por profundas transformações e a vida de uma adolescente ainda não está estabilizada para garantir a ela e a seu filho segurança e qualidade de vida. A gravidez na adolescência ainda pode causar consequências em longo prazo, para mãe e filho. A jovem pode apresentar problemas de crescimento e desenvolvimento, e distúrbios emocionais e de comportamento, além das possíveis complicações do parto.
Mas, como prevenir a gravidez na adolescência?
A abertura familiar, escolar e também da comunidade para a discussão destes assuntos é fundamental para um diálogo franco e eficiente. Ainda são comuns os casos em que adolescentes ficam grávidas por desconhecerem a forma com que uma mulher engravida. Meios de comunicação e a consulta a um ginecologista assim que acontecer a primeira menstruação também são recursos indicados, pois com experiência suficiente, o profissional saberá abordar o assunto de forma adequada de acordo com a idade da garota. Assim, ela fica ciente das mudanças de seu organismo.

Nenhum voto, seja o primeiro



Jessica
29/05/09


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook