Como ficar bem depois de um término de namoro

Quando um relacionamento acaba é natural passar por uns maus bocados. Mas saiba como dar a volta por cima dessa fase ruim.

O fim do namoro é verdadeiramente um momento muito delicado que conta com um misto de sensações e sentimentos, momento em que é preciso se cuidar, já que você poderá ser tomado (a) pela tristeza e pelo sofrimento, sendo que para muitos estes sentimentos estão relacionados à perda de uma pessoa significativa em sua vida, enquanto para outros pode significar alívio. Quando a relação é conflitiva, na maioria das vezes pode ser destrutiva e a separação significa a libertação deste sofrimento, e o término do relacionamento é a melhor opção que a pessoa tomou desde o início do namoro. Desta forma, o término da relação deve ser encarado como o avanço do processo, o qual necessita ser delicadamente cuidado, que exige análise e reflexão para que possam ocorrer modificações, para que você consiga enxergar os erros e não mais cometê-los, principalmente em uma nova relação, isto é, realizar uma renovação. É super comum notar que as pessoas após receber ou tomar a decisão de colocar um ponto final no relacionamento se afundam em lágrimas e caem literalmente no fundo do posso, sendo que este momento de fossa é muito comum e natural, o qual é seguido de uma dedicação que até então era inexistente para a realização de determinadas atividades, como academia e trabalho com a finalidade de diminuir o vazio e a dor. No entanto, há quem apenas cai no desanimo, perdendo o sentindo da vida e começa a se sentir sem rumo e a ter o mundo como algo insuportável, características muito comuns durante a adolescência, fase em que há grande vulnerabilidade e impulsividade.

Mais sobre Como ficar bem depois de um término de namoro

Contudo, de acordo com especialistas buscar a realização de inúmeras atividades simultaneamente com o intuito de esquecer o (a) ex não é bom, sendo que o alívio e a sensação e o peso que o relacionamento tinha fez com que a pessoa desfrute de uma atitude saudável, ou seja, são muitos os casos em que a separação é necessária e aponta para uma ampliação dos modos de viver a vida, e geralmente a pessoa que está no relacionamento não consegue enxergar o quanto a relação foi destrutiva. No entanto, as pessoas que passam por momentos de depressão, tristeza e sofrimento profundo necessitam de cuidados intensos, pois tem a sensação de ter sido abandonada, tem a sua autoestima lá embaixo, além de perde o seu potencial de confiança e o desejo de viver longe da pessoa amada. Depois da separação ocorre um tempo de luto pela perda da pessoa amada que pode variar em relação a sua duração, sendo em que muitos casos podem chegar a até doze meses, assim é necessário ter paciência e não tentar acelerar este processo, caso contrário, estas pessoas começarão a olhar negativamente para a experiência de sofrimento. Assim é de grande importância saber respeitar o tempo que cada pessoa necessita para ter o seu momento, para se abrir a uma nova relação, e isto pode ser percebido tanto nas mulheres como também nos homens, apesar de que os homens sofrem sozinhos, enquanto as mulheres se apóiam uma nas outras, já que eles querem transmitir a imagem de durões e por razões culturais.

28/02/11 por Maikon

   



Mais informações por email

Comentar