Como viver bem no casamento

Casal lendo jornal

Manter um relacionamento feliz e estável não é uma das tarefas mais fáceis, contudo, nem das mais difíceis. No entanto, nos últimos anos, os relacionamentos veem ficando cada vez mais abertos e instantâneos, em que cada um mesmo tendo um compromisso com o outro tem a permissão para se relacionar com as pessoas que desejar. Desta forma, será que dá para viver bem em um casamento em plena era de grandes números de separações? O que será que é preciso para ser feliz no casamento? A grande maioria dos casais certamente sabe o que é preciso ter para manter um casamento, o qual além de amor deve ter paciência, respeito, tolerância e diálogo para quem assim as personalidades diferentes consigam entrar em harmonia. Você pode perceber que muitos casais que estão juntos a mais de vinte ou trinta anos, jamais param de surpreender seu parceiro (a) com seu modo de agir ou suas manias. De acordo com especialistas em comportamento e relacionamento, um dos pontos mais necessários após o amor é o diálogo, o qual não deve estar ausência e nem presente demais, assim quando não é bem dosado pode fazer mal a qualquer relacionamento. É o mesmo você ou ele (a) finge que está tudo bem mesmo não estando ou quando você ou ele (a) busca adivinhar o que um está pensando do outro.

A ausência de comunicação entre o casal faz com que a vida a dois seja difícil, e com o passar do tempo, ambos podem não mais se sentir a vontade para compartilhar certos sentimentos ou pior, tendo uma grande distância comunicacional, é possível criar o sentimento de frieza e assim não mais se importar se ele (a) gosta ou deixa de gostar de uma situação, já que um não comunica ao outro o que agrada e o que não agrada. Desta forma, as chances de esclarecer os mal-entendidos, se expressar claramente com palavras e sentimentos não podem ser deixadas para amanhã. Quando uma relação é totalmente o contrário, a intimidade é maior e cumplicidade entre ambos é surpreendente. No entanto, o diálogo não deve se transformar na sessão de discussão da relação frequentemente, sobretudo, em relação a motivos bobos, críticas sem fundamentos ou por simplesmente falar demais. Lembre-se de que a privacidade em um casamento também deve existir.

Contudo, é importante que você faça de tudo um pouco para que sua relação se mantenha estável e bem, mas para que você consiga viver bem no casamento, não basta apenas você lutar para manter a relação em pé, e caso você perceba que por parte dele (a) não se pode esperar nada e que o seu sentimento é apenas de tristeza ou desgosto, saiba que está na hora de começar a pensar no divórcio. Mas antes de pensar em se separar é indicado que você tente concertar a atual relação que existe entre vocês, e para isso, nada melhor do que sentar e conversar. Pense nisso, e não tenha medo de virar para ele (a) e dar tchau, se não estiver feliz, procure a sua felicidade em outra freguesia sem receio do que os outros irão dizer, leve apenas você em consideração.

1 voto



Maikon
31/01/11


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook