Dicas de como fazer um resumo

O resumo é apresentar um conteúdo de forma sintética, ou seja, é fazer uma exposição abreviada de um texto ou acontecimento.

Atualmente é possível notar que muitos alunos e estudantes do ensino médio e até mesmo do ensino superior possuem dificuldades para realizar resumos das matérias estudadas, ou seja, não conseguem sintetizar as ideias. O grande ‘x’ da questão é que muitas vezes a escola explica como realizar o processo passo a passo, desta forma, o resumo é apenas solicitado, o que deixa muitos alunos doidos e com a alta de conhecimento neste aspecto, o qual é de grande importância. Contudo, muitos alunos pensam que fazer resumo é simplesmente copiar, verdadeiramente isso não deixa de ser um erro, pois resumir é copiar reduzindo o tamanho do texto, do conhecimento sem que perca qualidade, ou seja, é preciso que você utilize determinados trechos, os mais importantes para compor o seu resumo e posteriormente fazer com que a ideia principal seja passada para o papel com suas palavras. Entretanto, antes de mais nada é importante ressaltar que o resumo é nada mais do que o resumo do texto original através de tópicos principais, sem a presença de julgamentos ou comentários, isto é, um resumo não é uma crítica, é uma resenha. A principal finalidade de um resumo é informar o leitor sobre o que é mais importante a respeito do assunto tratado.

De acordo com os sábios Platão e Fiorin, o resumo do texto é a condensação da estrutura essencial do mesmo sem que haja a perda dos principais elementos, os quais são: as partes essenciais, a progressão em que elas aparecem no texto e a correlação entre cada parte do texto. Caso o texto que estejamos resumindo for do gênero narrativo é preciso que a nossa atenção seja redobrada, pois há elementos de causa e sequências de tempo. Para os textos descritivos dê atenção para os aspectos visuais e espaciais, para o dissertativo para a organização e construção das ideias. Contudo, existem três regras básicas para fazer um resumo, sendo a primeira o apagamento, seguida de generalização e construção. Na primeira regra é preciso que apaguemos as partes desnecessárias, sendo estas as partes como advérbios e adjetivos ou frases equivalentes.

Como no nome já diz, o apagamento consiste em apagar, em cortar as partes que são desnecessárias. Geralmente essas partes são os adjetivos e os advérbios, ou frases equivalentes a eles. Vamos ver um exemplo. A generalização esta é uma técnica que tem como finalidade reduzir os elementos da frase do critério, isto é, seu significado. A última regra, a construção tem como função substituir a sequência dos fatos ou acontecidos por uma única, a qual pode ser presumida através delas, também se baseando no significado. Enquanto você estiver lendo o texto que precisa resumir, procure grifar as palavras ou frases que dão mais sentido a leitura, que expressem as ideias principais do tema, em seguida, junte-as formando um texto a partir destes fragmentos. Após isso, aplique as três primeiras técnicas.

Mais sobre Dicas de como fazer um resumo

Como leitura adicional, procure ler e resumir como forma de exercício, sendo que você apenas conseguirá atingir um nível de qualidade em seus resumos e sínteses quando coloca sempre em prática tal atividade. Por isso, quanto mais ler e resumir, melhor você ficará. Rabisque o quanto desejar, leia uma, duas, três vezes até você entender a mensagem transmitida pelo texto, enfim, respeite o seu tempo.

Veja mais dicas de como escrever e resumos:




Maikon
31/05/11

Mais informações por email.

Comentar sobre Dicas de como fazer um resumo

Destaque

Tecido Adiposo e suas funções

Tecido Adiposo e suas funções