Dicas para tratar as queimaduras de sol


Dicas para tratar as queimaduras de sol

As queimaduras solares são ocasionadas pela indevida exposição de forma excessiva ao sol, sendo que podem variar de acordo com o tipo de pele, tempo de exposição e o horário do dia, sendo que se o indivíduo estiver na praia o perigo é maior, pois os raios solares são refletidos pela areia, aumentando ainda mais a agressão causada à pele. Caso a pele fique vermelha e quente, saiba que esta é uma queimadura ligeira (moderada), sendo que é considerada grave quando causa dor e há formação de bolhas. Caso atinja ma grande área do corpo poderá causar outras consequências, como febre, dor de cabeça e náuseas, no qual atingindo cerca de 15% do corpo é preciso consultar um médico. Se não for o caso, basta um banho gelado e compressas molhadas nas regiões afetadas com água fria para amenizar os problemas da exposição ao sol, além disso, a aplicação de creme hidratante se faz necessária. Pode também fazer a utilização de alguns analgésicos como o ibuprofeno e a aspirina para amenizar a dor e baixar a febre, e algo que deve ser evitado é a exposição ao sol até que o problema seja resolvido.

             

Quando você for à praia é preciso evitar as horas de maior calor, sendo entre as 11 e as 17 horas, e utilizar sempre protetor solar com fator de no mínimo 15 FPS, mesmo que o tempo esteja nublado, sendo que o protetor solar deve ser aplicada a cada 2 horas e toda vez que for à água. Para quem não sabe, existem alguns medicamentos que podem aumentar ainda mais a sensibilidade ao sol, por isso, tenha cuidado caso você esteja ingerindo antibióticos ou analgésicos como, por exemplo, o ibuprofeno. Já no início das férias não se exponha de forma excessiva ao sol, é preciso que você faça com que a pele se acostuma e habitua-se com os raios solares, continuando a proteger de forma constante nos primeiros dias, assim a todo o momento se movimente e se molhe. Jamais pense em adormecer ao sol, pois caso contrário você sofrerá com as queimaduras e escaldões.

Pessoas de pele clara e as crianças devem utilizar protetor solar com fator de no mínimo 25 FPS, pois a pele destes são mais sensíveis aos raios ultravioletas, inclusive as crianças. Lembre-se que após a aplicação do protetor solar é interessante que você utilize boné, óculos escuros de qualidade, guardassol e outros objetos que ajudam você a se proteger dos raios ultravioletas. Além disso, até os seis meses de idade evite levar os bebês à praia devida a grande sensibilidade da pele.

0 voto



Maikon
26/02/10


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook

X
Curta a página