Dor de barriga constante

A dor é um sinal de que algo está errado com o seu corpo. Veja o que pode ser quando você tem dor de barriga constante.

Muitas pessoas não sabem, mas aproximadamente 50 a 70% dos casos, a dor de barriga não é sintoma de doença, mas sim a forma da criança expressar uma emoção de incômodo, como ansiedade e medo. Esta dor é muito semelhante quando você vai a uma entrevista de emprego, ter que falar em público ou em qualquer outra situação em que há estresse. As dores estomáticas e abdominais também podem estar associados a transtornos passageiros, como gases ou até mesmo como doenças mais sérias, desta forma, um diagnóstico para descobrir a causa destas dores se faz importante, a qual pode ser difícil, já que muitas doenças podem causar este sintoma. Estes são problemas mais frequentes aos auto-limitada e/ou benigna, mas há casos em que se faz necessária a intervenção médica de imediato.

                       

Geralmente, as dores abdominais e estomacais são descritas como crônica ou aguda, sendo que sua progressão varia com o tempo, e sua natureza (tipo cólica, dolorida ou afiada), distribuição e caracterização de fatores que podem melhorar ou piorar. Os sistemas mais graves em relação às dores estomacais e abdominais são:

-As dores de barriga estão relacionadas com uma inflamação do parietal paritoneum, região do peritôneo que reveste a parede abdominal, que são constantes. As dores são causadas pela pressão, o que pode piorar com as alterações na posição, sendo que esta dor é geralmente acompanhada pelas tensões musculares abdominais.
-As dores estomacais e abdominais possuem relação com o entupimento de uma cavidade viscosa e são na maioria das vezes intermitentes, isto é, não são constantes ou são como as cólicas. As cólicas são como as experimentadas no início da apendicite gastrenterite e crônica, assim estas dores abdominais podem ser aliviadas com uma massagem.
-A dor tem relação com perturbações vasculares, como embolia e trombose, assim pode resultar no surgimento gradual ou súbito de forma moderada ou forte. A dor juntamente com a ruptura de um aneurisma da aorta abdominal pode irradiar para os flancos, as costas ou genitais.
-A dores estomacais ou abdominais podem ser provenientes em demais lugares, como por exemplo, um processo no peito pode resultar em dores no abdômen, assim como processos no abdômen pode provocar dores em outras regiões do corpo.

Dentre as causas das dores abdominais e estomacais e encontram-se algumas, de acordo com duas listas, veja-as:

*Causa gastrointestinal:
-Digestiva: intolerância a lactose, gases e úlcera péptica.
-Inflamatória: Colite microscopia, apendicite, gastroenterite, esofagite, doença de Crohn, diverticulite, gastrite e colite ulcerativa.
-Vascular: Trambose, compressão de vaso sanguíneo, angina abdominal, embolia e hemorragia.
-Obstrutiva: Hemorróidas, hérnia, constipação grave, adesões pós-cirurgicas e tumores.

*Causa genecológicas ou abstrétrica:
-Tumores: Cisto no ovário, endometriose e câncer no ovário.
-Gravidez: gravidez ectópica com rompimento e ameaça de aborto.
-Endocrinológica: Menstruação.
-Inflamatória: Doença inflamatória pélvica.

1 voto



Maikon
05/07/10



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook