Dor no abdômen ao correr

Para os atletas e principalmente quem está começando a correr agora, pode sentir muitas dores ao correr, veja o que pode ser.

Dor no abdomen

A prática de atividade física é ótima para manter a boa forma e para o controle da saúde, além de ser prazeroso pelo fato de liberar serotonina, substância responsável pela sensação de bem estar e prazer. No entanto, muitas pessoas acabam deixando os exercícios de lado por falta de conhecimento e informação a respeito das atividades físicas, sendo que uma das maiores dúvidas em relação a este assunto são as dores no abdômen ao correr, isto é, aquelas famosas fisgadas na lateral do abdômen independente dos lados (direito e/ou esquerdo), algo considerado relativamente normal para os especialistas. No entanto, são muitas as pessoas que deixam de treinar e de praticar a corridinha por sentir tal dor, desta forma, é válido ressaltar antes der tudo que para começar a praticar um esporte ou atividade física não é preciso ter um bom condicionamento físico ou ser um atleta profissional, muito pelo contrário, é necessário apenas que haja conhecimento prévio sobre a atividade em questão para evitar preocupações desnecessárias.

Todas as atividades ou esportes físicos contam com técnicas, as quais são perfeitamente passadas pelo profissional ou professor de educação física, assim por incrível que pareça, esta dor na região do abdômen é causada nada mais pela má respiração feita durante a prática do exercícios físico. Isso mesmo, quando você começa o treino você respira de forma correta, mas quando começa a ter um tempo de atividade já praticada, logo você começa a modificar a sua respiração, a qual passa a ser inadequada. Esta dor se faz presente na grande parte dos corredores, sobretudo, para com aqueles que estão começando a correr agora, no entanto, pode se fazer presente também em outras atividade físicas, e não apenas na corrida. Esta dor é resultante da exposição do diafragma, o qual realiza auxilia em uma respiração curta e rápida, e esta acelerada respiração faz com que este músculo bata nos órgão próximos causando a dor.

No entanto, não é motivo para preocupação, já que se trata de algo passageiro. Assim é preciso que você seja verdadeiramente mais persistente que a dor, ou seja, quando ela começar a aparecer, diminua ou até mesmo pare o ritmo de sua respiração, a qual deve consistir na inspiração do ar pelo nariz e expiração pela boca. Desta forma, se concentre neste ritmo de respiração durante todo o exercício, algo que a princípio poderá não ser uma das tarefas mais fáceis, já que você está acostumado a respirar de forma incorreta. Além disso, existem outras formas de evitar este tipo de problema durante a prática do exercício físico, como, por exemplo, fortalecer a musculatura do abdômen, evitar o consumo de alimentos calóricos e ácidos, e também pesados, Uma forma de amenizar a dor ou até mesmo saná-la é parar a corrida, separar as pernas, manter as mãos na cabeça e abaixar lentamente o tronco para cada lado do corpo. Enfim se você estava preocupado por este motivo, despreocupe-se e procure controlar e faze ruma respiração adequada enquanto realiza sua atividade física.

Saiba mais sobre a corrida

31/05/11 por Maikon

   



Mais informações por email

Comentar