História do carnaval brasileiro

História do carnaval brasileiro

Em meados do século XVII, chega ao Brasil o carnaval, que é inspirado nas festas que aconteciam na Europa. Os desfiles na Europa eram feitos com fantasias e máscaras, entre eles Rei Momo, pierrô, colombina, os mesmos foram incorporados no carnaval brasileiro, sendo este inspirado na festa que eles faziam. Os carros alegóricos começaram a surgir no século XX, onde as pessoas enfeitavam seus carros, montavam seus próprios grupos e fantasias e saiam desfilar pelas ruas das cidades. Ainda no século XX passaram a existir as marchinhas de carnaval, onde todo mundo podia ir ouvir bem como pular carnaval, e os desfiles ainda continuavam a fazer parte da festa. Logo passou a haver a primeira escola de samba que foi criada no Rio de Janeiro no dia 12 de agosto de 1928 batizada com o nome “Deixa Falar”. Foi a partir daí que passaram a surgir a grande quantidade que vemos hoje de escolas de samba bem como a competição entre elas para saber qual é a mais bonita e mais animada. Desde então, cada estado mantém a festa como tradicional, mas tem os seus próprios costumes para a ocasião, e é isso o que faz a diferença do carnaval brasileiro, a beleza e a mistura das atividades de cada estado nesses dias. A região do nordeste, por exemplo, mantém a tradição do carnaval de rua, já na Bahia, o carnaval é feito e animado através de trios elétricos com cantores famosos. O importante é que a festa é feita em todo o canto do país.

             
0 voto



Mariana
05/01/10


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. eu nao tenho nenhum preconceito mas nao gosto so acontece morte

    isabella
    08/06/13 às 4:48 pm
  2. o carnaval e para curtir

    thais
    09/02/12 às 10:20 am

X
Curta a página