O que causa o vômito ou a êmese

Uma série de fatores pode resultar em vômitos ou em êmese. Saiba os causadores e o que se pode fazer para evitar esses problemas.

Mulher com enjoo

O vômito ou êmese pode ser descrita como a expulsão do conteúdo estomacal através do tubo digestório. A náusea geralmente antecede o vômito, mas não é sempre que uma pessoa com esse sinal acabe vomitando.
Segundo os especialistas, o vômito pode ser um sintoma de um número indeterminado de doenças, ou até mesmo um importante sinal para que a pessoa possa descobrir que existe algo de anormal com funções do organismo. A êmese pode ser descrita como alimentar, fecalóide (quando apresentar forte odor e cor escura), biliar (quando apresenta conteúdo de cor amarelo-esverdeado sugestivo de bile, em jato (são vômitos explosivos, que podem denotar aumento da pressão intracraniana e indicar risco de morte iminente), pós-prandiais (após alimentação) ou ainda nervos, forma mais conhecida como bulimia.
Dentre as várias causas do vômito podemos citar a gastrite, obstrução do intestino, dores abdominais agudas, cefaleias ou enxaquecas, alguma alergia alimentar ou ingestão de comida em más condições. Fatores psicológicos como ansiedade, ou até mesmo quando a pessoa depara-se com ambientes, cheiros, ou situações desagradáveis também podem causar o vômito.

                       

Popularmente um dos primeiros sinais da gravidez também são vômitos e enjoos constantes e repentinos. Em pacientes que passaram por processos de quimioterapia, o vômito também é bastante verificado.
Especialistas indicam a procura de um médico para a investigação das causas específicas do problema. Em casos extremos o vômito pode indicar doenças graves como hemorragia cerebral, tumores no cérebro, hipertensão intracraniana, uremia, que é a acumulação de uréia devido à insuficiência renal ou ainda hipoglicemia.
Se o vômito for constante, o tratamento se faz ainda mais importante. Dentre os riscos de doenças não tratadas, se o doente aspirar o próprio vômito por exemplo, pode apresentar asfixia grave ou ainda desenvolver pneumonia por aspiração. O vômito pode causar desidratação, influenciando o mau funcionamento dos rins, ou ainda causar a Síndrome de Mallory –Weiis provocando erosões e rasgos no esôfago.

1 voto



Jessica
10/07/09


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook