O que é preciso para ser um DJ

Se você quer ser um DJ, conheça tudo o que você precisa saber para ser um bom DJ e fazer a pista de dança bombar com suas músicas.

Quem é que já não pensou na possibilidade de ganhar uma gana extra nos finais de semana ou até mesmo em dias da semana comandando a night? Ter mordomias? Não pagar convite ou entrada? Ter gatinhas ou gatinhos aos seus pés? Ser verdadeiramente o centro das atenções em baladas e discotecas? Ou melhor, quem nunca pensou em ser DJ? Literalmente deve ser o máximo estar no comando da festa, colocando a música para todos dançarem, curtir a balada da melhor vista, colocar o seu que você curte, receber elogios e melhor, trabalhar e festejar ao mesmo tempo? No entanto, ser DJ nãos é tão fácil quanto parece, ou seja, para que você consiga ganhar uma grana legal com este tipo de trabalho é preciso ter conhecimento sobre a aparelhagem e seu equipamento, e principalmente, ter equipamento de qualidade e de ultima geração, além de um repertório de deixar todos admirados. Para que você se torne verdadeiramente um DJ é preciso que participar de um curso de tal profissão ou hobbie, ou seja, existem muitas escolas de cursos profissionalizantes que oferecem o curso de DJ, o qual tem como finalidade lhe oferecer técnicas, como utilizar os equipamentos, como se relacionar, como construir projetos, enfim, tudo o que um DJ precisa dominar.

Para se ter uma ideia, existe escolas que oferecem tal curso que realizam duelos de DJs entre os alunos do curso em busca de levar um prêmio para casa, palestras com convidados e sobre novas tecnologias, organização de festas e eventos para mostrar suas habilidades obtidas com o curso e tudo mais. Mas tendo a experiência praticamente garantida, agora é hora de pensar em seu equipamento, ou seja, no que você precisa investir? Para se tornar um DJ é preciso que você adquira um Mixer e um par de CDJ que em média conta com o valor aproximadamente de 5.000 reais, e quanto ao curso, este não sai por menos de 600 reais, já que pode chegar a até 2.000 depende da escola em que você se matricular. Contudo, este preço é parcelado em relação com a quantidade de meses de duração do curso ou você ainda tem a chance de parcelar tal valor com ainda mais parcelas.

Entretanto, é preciso que você pense muito bem sobre esta decisão, ou seja, você realmente quer seguir esta carreira? Leva jeito para coisa? Tenha bom senso e responda a estas perguntas, já que atualmente existem muitas pessoas que buscam entrar no mercado de DJ por embalo, e que posteriormente se arrependeu pela decisão tomada. Desta forma, lembre-se que esta é uma profissão como qualquer outra, a qual exige amor e dedicação, então, faça apenas se você realmente gostar. Após tomar esta decisão é preciso que você tenha em mente que nada vem rápido como parece, memos que você tenha amigos e contatos, assim é necessário ter paciência e aproveitar todas as oportunidades que baterem a sua porta. Pode ser que o cachê para faze ruma festa não seja tão agradável, mas será que não vale apena tocar nesta festa? Será que você não pode fazer novos contatos? Lembre-se de que um bom DJ valoriza mais quem conhece do que o cachê, até por que quanto mais festas, baladas, discotecas, enfim, quanto maior o contato, maior será a agenda de trabalho.

Saiba mais sobre música:

28/10/10 por Maikon

   



Mais informações por email

Comentar