O que é ter fé e como usar perfeitamente


O que é ter fé e como usar perfeitamente

A é um dos elementos mais importantes que circunda o mundo e a existência humana, chegando por vezes a nortear todas as ações dos homens. Para a antiguidade, para o medievalismo ou para a idade moderna a fé, ora fortalecida, ora negada, era constante tema de tratados, batalhas, dominação e educação moral. Em tempos de ciência e tecnologia limitada ela representava o ponto mais curioso e conturbado da afirmação humana.
Em linhas simples, a fé é a crença firme em determinado conceito (abstrato), sem nenhuma confirmação empírica de tal objeto. A manutenção da fé está ligada a razões históricas, socioculturais, dogmáticas ou ainda ideológicas. A principal questão que a rodeia são os princípios do racionalismo e positivismo: como pode o homem acreditar em algo que não vê, não toca ou não ouve?
Discussões à parte, a fé é usada, em estâncias generalizadas, como um instrumento para momentos de desespero, agonia, dor e tristeza. Crer que forças superiores ou metafísicas são aquelas que comandam o mundo é um alento para tempos cruéis, para tempos de dúvida, ou até mesmo quando se necessita de algo de grande importância, como a cura de uma doença, por exemplo. Quando todos os outros meios e fins falham, a fé é o que mantém milhares de pessoas esperançosas em suas lutas e dilemas particulares. Com a fé o homem obtêm promessas, vive, protege a si mesmo, caminha pelos passos da crença e ainda agrada a Deus.
É importante destacar o valor individual da fé. Por tempos, a fé católica, por exemplo, foi imposta aos povos, a partir do objetivo de dominação e conquista. No decorrer dos anos, a manifestação da fé foi tomando aspectos mais livres. No preâmbulo da Declaração Universal dos Direitos Humanos encontramos “Considerando que o desprezo e o desrespeito pelos direitos humanos resultaram em atos bárbaros que ultrajaram a consciência da Humanidade e que o advento de um mundo em que os homens gozem de liberdade de palavra, de crença e da liberdade de viverem a salvo do temor e da necessidade foi proclamado como a mais alta aspiração do homem comum”, comprovando o regime rígido na qual a fé já foi incorporada. Já o Artigo XVII é mais explicito sobre as mudanças ocorridas “Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou coletivamente, em público ou em particular”.

             
0 voto



Jessica
02/07/09


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. ter fé é ter certeza e confiança no que ou em quem você crer! eu creio no senhor jesus, sei que pela fé posso alcança-lo!e ter uma vida espiritual verdadeira com experiências sobrenaturais…

    rivelino
    18/04/12 às 8:01 pm
  2. No meu concentimento, Fé é aquilo que não se vê, mas se sente… Posso até estar errada na minha tese…
    E como se você estivesse, em um buraco anoite, no fundo do quintal de sua casa.. E você chamasse alguém, e esta passoa, fosse, até você, claro que não enxergando absolutamente nada.. Ela sabe, que esta ali, mas não vê, ela tem certeza de que esta ali, ela crê, que estas naquele lugar, mas não vê.. Na meu pensamento FÉ, é você crer, numa coisa, saber que ela existe, mas não vê-la … Peço Desculpas, se meu pensamento for errado.

    Jacqueline
    14/04/11 às 11:02 am
  3. é acreditar que jesus crito existe e que ele está aqui pra nós acreditarmos na fé

    thaline
    12/04/11 às 10:00 am

X
Curta a página