Perdoar ou não uma traição

A traição é um assunto relativamente muito sério, a qual é um problema muito frequente nos relacionamentos modernos, em que tanto os homens e as mulheres estiveram sujeitos ao adultério. Contudo, será que é possível um relacionamento sobreviver a uma traição? Todos sabem que a traição é um dos principais fatores causadores da separação de muitos casais, e é válido ressaltar que a traição por parte dos homens sempre foi tolerada pela sociedade, mas nos últimos tempos, as mulheres também começaram a fazer parte deste tratamento. Você já parou para pensar no (s) motivo (s) que levaram ele (a) a te trair? Saiba que é difícil determinar com precisão e sem erros quais foram os motivos que levaram uma pessoa a trair o parceiro (a), porém, as mais comuns são: autoconfiança, curiosidade, orgulho, dificuldades ou problemas no relacionamento, insatisfação sexual, carência, expectativa com outro parceiro (a), desejo de experimentar algo novo, vingança e pelo estímulo provocado pela sensação de perigo e de até mesmo poder.

             

Um namoro necessita de confiança e de respeito de ambas as partes, assim a traição significa a quebra de confiança e mostrar que o respeito que havia entre o casal foi quebrado. Desta forma, perdoar o parceiro traidor (a) é uma tarefa complicada para quem ama e que leva o relacionamento a sério. Além destes fatores, a pressão familiar da sociedade são demais indicadores para que a pessoa traída sinta-se constrangida em perdoar o companheiro (a). Contudo, não existem receitas ou fórmulas para evitar uma traição e também não existe um guia para que você consiga superar este difícil problema. No entanto, um namoro que cai na rotina e permanece em monotonia conta com maiores probabilidades de sofrer com este tipo de comportamento por parte de um dos parceiros, e a decisão de perdoar ou não cabe somente a você decidir, ou seja, esqueça-se da opinião dos outros, do que os vizinhos e sociedade vão pensar de você, não aceite opinião de terceiro, enfim, pense unicamente em você, em sua felicidade, o que diz o seu coração. Mas perdoar a traição depende muito da situação em que foram revelados os fatos, caso seja revelado em sigilo e com a confissão espontânea do erro cometido acompanhada pelo arrependimento e pedido de perdão, o traidor conta com maiores chances de ser perdoado. Caso contrário, perdoar será mais complicado.

Há quem não acredite em perdão da traição de namoro, e assim argumenta que o perdão foi dado devido a coisas mais importantes na relação do que o sentimento, mas será que isso é verdade? O fato é que muitos casais conseguem conviver muito bem ou até mesmo melhor após o descobrimento da traição, pois desta forma, este acontecimento serviu apenas como mais um obstáculo na vida de ambos. Independente de sua decisão é importante que você tenha convicção em sua atitude, e assim reflita sobre a situação, principalmente, se o seu parceiro (a) está realmente arrependido pela traição, caso contrário, você poderá sofrer mais uma vez com o mesmo problema, traição.

0 voto



Maikon
31/12/10


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook

X
Curta a página