Placas de sinalização de transito


As placas de sinalização são facilmente encontradas em toda e qualquer rua da cidade, estando suspensas ou ao lado das mesmas, tendo como principal finalidade transmitir mensagens através de legendas e/ou símbolos que são legalmente instituídos e pré-conhecidos pelos motoristas. Como já dito, a sua principal finalidade é controlar o fluxo de transito, manter em segurança e ordem, sendo que a sinalização gráfica vertical é realizada com diferentes dispositivos, os quais contam com dimensões em função quando a velocidade de diretriz da via, são desenvolvidas com materiais refletivos para proporcionar e garantir a melhor visibilidade, seja à noite ou de dia. As placas de trânsito são classificadas em três tipos, como a de regulamentação (cores: preta, vermelha, branca), a de advertência (preta e amarela) e a de indicação (preta, branca, verde e azul).

             

As placas de regulamentação indicam as proibições, as obrigações e as limitações que determinam a utilização das vias, sendo que a sua violação constitui de infração do Código de Trânsito Brasileiro; São circulares, com fundo branco e com borda vermelha, com ou sem tarja vermelha, exceto a placa de ‘Parada obrigatória’, que é a octogonal e conta com fundo vermelho, e também a placa de ‘Dê a preferência’, triangular. Se a placa não possuir a tarja vermelha, esta indicará ‘Limitação’ ou ‘Obrigação’, enquanto a tarja vermelha indica ‘Proibição’. Além disso, as placas de regulamentação são utilizadas em grande escala em vias urbanas, mas também estão presentes em muitas estradas, por isso, preste bem atenção.

As placas de advertência são placas que buscam indicar aos condutores de veículos e motocicletas os perigos que não são perceptíveis, assim suas mensagens possuem caráter de recomendação, e geralmente são quadradas e nas cores amarela e preta, sendo que a sua colocação é de forma em que suas posições diagonais fiquem em vertical e na horizontal. Estas placas por sua vez podem ser agrupadas da seguinte forma: placas relacionadas à curvas, a cruzamentos, ao perfil, a estreitamento de pista, ao sentido, a ferrovias e ao perigo. Há também as placas de indicação que possuem caráter de orientação ao motorista e estão divididas em quatro tipos: educativas, atrativos turísticos, serviços auxiliares e, orientação e destino.

0 voto






Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. Quero que as pessoas saibam que dirigir carros,ou motos,tem que respeitar as leis,mais tem gente que não respeita,então temos que mostrar para eles oque é RESPEITAR só assim eles respeitaram as leis,e é assim que eu quero fazer,quem está comigo?????

    Ana Carolina
    28/04/12 às 9:07 am

X
Curta a página