Qual é o colesterol bom e ruim?


Você certamente já deve ter escutado muito falar sobre o colesterol, principalmente quando está se alimentando incorretamente, quando vem aquela pessoa e do nada diz: ‘cuidado com o colesterol’. Os comentários a respeito do colesterol ruim e bom estão relacionados com os tipos de moléculas que transportam o colesterol em nosso organismo, as quais são constituídas de proteínas, denominadas de apoproteínas. Estas são de grande importância, já que o colesterol e outras gorduras não são solúveis em água, e isso também significa que eles não são solúveis em sangue. Quando estas moléculas apoproteínas se juntam com o colesterol forma-se o composto denominado de lipoproteínas, os quais tem sua densidade determinada pela quantidade de proteína que há em cada molécula. O colesterol considerado ruim (LDL) tem densidade menor, e é este o tipo de colesterol mais comum na atualidade devido à má alimentação, e os altos níveis de LDL tem relação com problemas do coração, a aterosclerose. O colesterol considerado bom (HDL) é a lipoproteína de maior densidade , assim quando em alto nível protege o organismo contra o bloqueio das artérias e veias, evitando assim problemas de saúde com o derrame cerebral.

             

O alto nível de colesterol ruim ou LDL no sangue pode significar que as membranas celulares do fígado sofreram redução do número de receptores do colesterol bom ou HDL devido aos valores elevados do mesmo no interior das células. Quando uma célula termina de utilizar o colesterol para realizar suas atividades químicas e consequentemente não precisa mais dele, a mesma reduz o número de receptores de LDL e isso faz com que os níveis do colesterol ruim aumentem. Quando isso ocorre, o colesterol LDL começa a se depositar nas paredes das artérias formando com o tempo placas grossas que podem obstruir o canal e consequentemente impedir a passagem do sangue, isto é, o fluxo sanguíneo. Desta forma, o colesterol HDL tem a atuação na remoção deste colesterol depositado nas artérias e de transportá-lo para o fígado com a finalidade de removê-lo do organismo, ou seja, o HDL expulsa literalmente o LDL da corrente sanguínea.

Contudo, um terceiro grupo de moléculas transportadores, as lipoproteínas de densidade muito baixa, o chamado colesterol VLDL se convertem em LDL após deixarem os triglicerídeos nos tecidos adiposos e músculos. Os níveis de LDL e HDL são importantes e precisam de uma maior atenção de todos, sendo que uma pessoa que possui nível de colesterol igual ou superior a 275 está sob risco de sofrer de infarto quando não tiver um nível satisfatório de HDL no sangue. O nível ideal e desejável de colesterol ruim no sangue deve ser igual ou inferior a 200, no entanto, não basta apenas ter um nível controlado de colesterol LDL, mas também de HDL, já que estando na média certa de colesterol ruim e estando com a média baixa para o colesterol bom, a pessoa também poderá sofrer com infartos. Desta forma, ambos devem estar equilibrados e para isso, equilibre a sua alimentação e redobre a sua atenção para este fator de extrema importância.

0 voto



Maikon
30/05/11



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. Máteria exelente, vi uma explicação disso na aula de hj, e aqui está bem explicandinho abordando vários fatores,gostei!!!

    Parabéns

    karina
    31/05/13 às 7:50 pm
  2. excelente matéria ,meu colesterol LDL está bem alto 275,
    mais não tenho pressão arterial alta,nem diabetes,nem problemas cardiacos ,mais na minha familia ,existem todos esses problemas ,estou fazendo uma dieta alimentar ,
    caminhas ,no final de maio vou repetir os exames

    o medico não me passou remedio para tomar

    julia
    15/04/12 às 8:29 pm

X
Curta a página