Sistema esquelético dos mamíferos

O sistema esquelético dos mamíferos é constituído de ossos e cartilagem que juntos formam o esqueleto, veja mais sobre o assunto.

Todos os animais possuem um plano corpóreo básico como grande semelhanças na estrutura do esqueleto, sendo que suas diferenças estão voltadas apenas para as adaptações para seu estilo de vida. O esqueleto animal é constituído por um conjunto de ossos e cartilagens que interligados formam o ‘esboço’ do corpo. A princípio, antes de nos aprofundarmos no sistema esqueleto animal, questione-se: ‘Os ossos são vivo?’. Para a surpresa de muitos, os ossos são vivos, os quais são constituídos por estruturas celulares e liquido extracelular calcificado. Os ossos podem apresentar um número variável principalmente nas diferentes espécies existentes, e quais são as suas funções? O sistema esquelético tem como principal função proteger, sustentar, conformar, produzir sangue no inteiro da cavidade medular, atua como depósito de minerais e íons nas regiões calcificadas e ainda é alavanca para a movimentação. Em relação a sua estrutura óssea é possível verificar a substância compacta, a substância esponjosa, o periósteo, endósteo, medula óssea, além de vasos e nervos.

O osso é divido em epífise e diáfise, a qual a última pode ser denominada disco epifisário ou cartilagem epifisária, é então compôs por duas epífises (extremidades do osso) e uma epífise (corpo do osso). O esqueleto animal é divido em tres grande partes, sendo a primeira denominada de esqueleto axial que é composta por crânio, coluna vertebral, costelas e esterno. A segunda parte recebe o nome de esqueleto apendicular membros torácicos e pélvicos, cíngulos escapular e pélvico. E o terceiro e último, chamado de esqueleto visceral, que são os ossos localizados no interior de vísceras, como o coração do bovino ou do carneiro, e o clitóris do cão. Os ossos podem ser classificados em longos, planos, curtos, irregulares, pneumáticos, sesamóides (ossos inseridos em tendões) e esplâncnicos. Ainda falando sobre a morfologia dos ossos, existem saliências articulares, as quais recebem o nome de côndilo, cabeça ou trôclea. Como existem as saliências articulares, há também as não articulares, as quais são: tubérculo, tuberosidade, processos, crista, espinha e linha.

Quanto à morfologia ainda pode-se destacar as depressões articulares (cavidade glenoidal e acetábulo) e as depressões não articulares (fossa, fissura, forame, seios, impressões e canais).

Mais sobre Sistema esquelético dos mamíferos

Leia mais sobre animais




Maikon
27/02/11

Mais informações por email.

Comentar sobre Sistema esquelético dos mamíferos

Destaque

Tecido Adiposo e suas funções

Tecido Adiposo e suas funções