Tratamento da água no Brasil

A água é o bem mais preciso que nós brasileiros podemos ter. Tratá-la bem é preservar o futuro do planeta. Saiba mais sobre a água.

A água disponível para toda a população é submetida a diferentes tratamento adequados para a redução de concentração de poluentes até o momento em que não apresentam nenhum tipo de risco à saúde, sendo que cada etapa do tratamento é verdadeiramente um grande obstáculo à transmissão de infecções. A primeira destas etapas é a coagulação, em que a água bruta recebe ao entrar na estação de tratamento uma dosagem de sulfato de alumínio, o qual faz com que as partículas de sujeira iniciem um processo de junção. Em seguida, é realizada a floculação, onde em tanques de concretos dá-se continuidade ao processo de aglutinação das impurezas com a água em movimento, pois as partículas de sujeiras de transformam em flocos, que posteriormente em outros tanques ocorrerá a decantação, e consequentemente as impurezas serão separadas da água devido a ação da gravidade, indo assim para o fundo dos tanques ou prendem-se nas paredes.

Dando sequência ao tratamento da água, a próxima é a filtração que nada mais é a etapa em que a água passa por grandes filtros com camadas de pedra de rio e de areia, além de carvão mineral e granulações, os quais reterão as impurezas ainda presentes na água. A partir desta etapa, a água já é considerada potável, no entanto, por apenas precaução e para evitar o risco de infecções de origem hídrica é realizada a desinfecção, etapa em que a cloração é feita com a finalidade de remover os germes nocivos à saúde e para garantir a qualidade da água que chega até a casa do consumidor. Neste processo pode ser realizado o uso de hipoclorito de sódio, dióxido de cloro ou cloro gasoso. Posteriormente é realizada a fluoretação, etapa que ocorre adição de fluossilicato de aósdio ou de ácido fluorssílico em dosagens corretas, tendp esta adição a finalidade de prever e diminuir a incidência de cárie dentária. Para finalizar o tratamento da água, é realizada a correção de pH, fase em que é realizada a adição de cal hidratado ou carbonato de sódio para neutralizar a proteção da tubulação da rede e da casa dos usuários.

Mais sobre Tratamento da água no Brasil

Todo este processo de tratamento da água, desde a sua entrada e sua saída potável, leva-se aproximadamente 30 minutos, diferentemente do esgoto, o qual leve um pouco mais de tempo devido a complexibilidade das etapas, as quais tem como principal intuito remover o material sólido, exterminar os microorganismos patogênicos, diminuir a demanda bioquímica de oxigênio e as substâncias químicas indesejáveis. Caso não seja realizada corretamente o tratamento da água, a água contaminada poderá provocar a transmissão de doenças, as quais podem ser causadas por parasitas, por vírus e por bactérias, assim como amebíase, esquistossomose, ascaridíase, giardíase, meningoencefalite, poliomelite, cólera, leptospirose, febre tifóide, gastroesnterites e desinteria bacilar. É por este motivo que se faz necessária a realização do tratamento adequado da água e também de seu armazenamento, pois há chances da água chegar potável em sua residência, a caixa da água é o foco da contaminação. Assim, realize limpezas e lavagens em caixas de água constantemente.

Saiba mais sobre tratamento de água:

27/09/10 por Maikon

   



Mais informações por email

Comentar