Tratamento para Síndrome do Pânico e Depressão

Tratamento para Síndrome do Pânico e Depressão

Problemas psicológicos estão cada vez mais comuns em nossa sociedade. A violência doméstica e nas ruas, a falta de esperança, desilusões em diversos setores da vida, irritação quando algo não sai como se desejava faz com que o número de depressivos cresça assustadoramente. A estimativa mundial é que cerca de 30% das pessoas sofram de depressão e que 2% a 4% sofrem de síndrome do pânico, segundo dados da Organização Mundial de Saúde.
Algumas pessoas ainda acham que esses tipos de problemas psicológicos são frescura ou falta da pessoa ter o que fazer. Mas são doenças sérias e que atrapalham demais a vida de quem as têm e sem o tratamento correto, elas ficam desorientadas e em alguns casos chegam a cometer atos contra a própria vida.
Apesar de alguns acharem que é a mesma coisa, existem diferenças entre a Síndrome do Pânico e a Depressão.
A Depressão afeta o estado de humor da pessoa, deixando-a como uma tristeza profunda e fora do normal. Qualquer um pode desenvolvê-la, mas em geral as mulheres são as mais afetadas. Relativo á doença, algumas vezes não é possível saber com certeza o motivo que a gerou, bem diferente dos motivos que nos levam a ficar “depressivos” durante o dia. Ela pode ser uma soma das decepções obtidas durante certo período, que se juntam com fatos genéticos e fatos ao nosso redor como separações, perda de pessoas queridas, estresse, vida desregrada, entre outros.
O diagnóstico se dá por perceber a intensidade do sofrimento da pessoa e como ela se sente. Os sintomas são os mais variados: desânimo, se afastar da vida social, insônia, falta ou aumento do apetite, cansaço e etc.
O tratamento certo é procurar um psicólogo e expor o que está havendo, passando medicamentos ou até mesmo sugestões de um hábito de vida diferente. Na maioria das vezes o depressivo se rejeita a procurar o médico porque não acredita estar doente. Por isso é importante o auxilio da família e dos amigos para orientá-lo a procurar ajuda.
Já a Síndrome do Pânico a pessoa tem crises de medo e desespero inesperadas. Sente falta de controle no corpo, impressão de que terá um ataque cardíaco e começa a suar. As crises não tem horário para começar nem terminar, podendo durar cinco, dez ou 25 minutos. Alguns dos sintomas da Síndrome são: falta de ar, boca seca, tremores, aperto no peito e na garganta, medo extremo parecendo que vai sair de si, taquicardia, formigamento no corpo, tonturas aterrorizantes, sensação que algo trágico vai acontecer ou que você vai enlouquecer.
A pessoa acaba ficando com tanto medo de ter outra crise que começa evitar lugares onde poderia desencadear a crise; esse sintoma é conhecido como agorafobia.
O tratamento pode ser à base de remédios e terapia com psicólogo. Essa terapia consiste em ir expondo de forma gradual o paciente aos ambientes que lhe causam algum tipo de desconforto para ele se habituar ao estresse.
Em qualquer um dos dois casos, é importantíssimo que a pessoa tenha força de vontade para mudar seus modos de pensar e agir, pois sem isso, de nada adianta o gasto com médicos especialistas e medicamentos. A solução é ter força de vontade e crer que tudo dará certo.

             
0 voto



Ariane
30/03/09


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. quero saber como ter uma vida normal sem ter ataque do panico.

    roseli pereira simao
    29/03/13 às 5:19 pm
  2. Quero saber tudo que for possível sobre síndrome do Pânico
    Obrigada

    Regiane dos santos Pequeno
    09/06/12 às 6:05 pm
  3. parei de fumar a 70 dias estou com crise de ansiedade o q eu faço

    eva
    06/06/12 às 10:43 am
  4. estou sentido muita tristeza dor no corpo tenho medo de morrer fico com falta de ar tontura sinto todos os sintomas da depressao e sindrome do panico mas ate agora nao procurei ajuda

    maria
    25/03/12 às 6:20 pm
  5. acho que e uma doença que tem cura , mas quanto mais rapido for o tratamento mais rapido o paciente vai ficar bom. doda doença no começo e mais facil o tratamento medico.ass. tecno de enfermagem jonas

    jonas cesar albano
    19/03/12 às 11:22 pm
  6. parei de tomar remedios para a sindrome do panico e estou sentindo muitas palpitaçoes quando faço o minimo de esforço!

    Jean Wolf
    03/03/12 às 5:10 pm
  7. Bom dia a todos que passam por uma fase tão dolorosa da vida!

    Há 3 anos conheci um médico psiquiatra maravilhoso, Dr. Taylor Reis daqui de Niterói – RJ. Após anos tratando uma depressão, fobia social e sindrome do pânico, descobri na terceira consulta com ele que sofro de transtorno de personalidade. Desde então, conseguimos adequar as medicações e não tenho crises há mais de 2 anos. É importante dizer que minha doença não tem cura. E para chegar a medicação adequada usei vários remédios.

    Sei da dor que sentem e das dificuldades do dia a dia, pois também enfrento isso.

    Mas tenham certeza que há uma força muito maior dentro de nós que nos impulciona e nos leva para frente. Os remédios servem apenas como axiliadores, mas o mais importante está em nossa mente.

    Tenho alguns remédios que nem cheguei a abrir pois comprei de cada 3 caixas e não deram certo: como carbolitium 450, risperidom 1mg e Pamelor 100mg. Quem sabe não posso ajudar alguém.

    Janaina
    06/01/12 às 9:14 am
  8. Gente,sei bem como se sentem,pois ja passei por isso,mas so ha uma coisa que posso dizer,ACREDITEM Q JESUS JA SOFREU POR NOS,PARA Q HJ N SOFRAMOS!So fui curada quando acreditei de todo meu coraçao que JESUS ja carregou todas as minhas enfermidades naquela cruz, e o castigo que hj me tras a paz,estava sobre ELE.Vcs precisam acreditar nisso!Chega de sofrimento!Sei q n e facil,mas com fe tudo alcançaremos!Em JESUS somos mais que vencedores!Perseverem na fe,nao desistam!Hj sou liberta pq cri no sangue que me lavou!Acreditem!

    janaina
    04/01/12 às 8:02 pm
  9. OLá pessoal tambem estou com a sindrome do panico tem mias ou menos 02 anos , tomo remedio ,mas pode ter certeza que Deus é maior , toda vez que começar sua crises ( medo, taquicardia , fraqueza , medo de morrer )diga para si mesmo Deus é maior , onde Deus passa nada embaraça , os anjos de MAria esteja em minha compania , e voce vai ver vai passando a crise , porque isto nao é de Deus , tente isso ajuda muito , tenha fé e voce será curados

    Elizangela
    26/12/11 às 3:35 pm
  10. Boa Tarde gente eu tabmbem tenho panico e depressão e tiro forças de DEUS, estou tomando medicamentos e fazendo psicoterapia, e oro todos os dias não so por mim mas por todos que sofrem tanto quanto ou mais que nós, tomar medicamentos e terrivel principalemnte nos primeiros dias mas depois o organismo se acostuma e naum se sente mas nada, correm atras e tenham fe que deus está presente.
    muita paz e fiquem com deus

    Wellington
    09/12/11 às 12:46 pm
  11. eu fui diagnosticada com esse problema mais vou dizer a vcs que acha que nao tem cura existe sim a cura pelo poder do nome de jesus eu creio que ele pode curar qualquer infermidade creia ele esta nesse momento ao lado de nos basta clamar o nosso DEUS e amor e curara aquele que clamar a ele hoje eu posso dizer que sou curada em nome de JESUS

    lilian
    13/11/11 às 10:25 pm
  12. tenho sindrome do panico há muitos anos já fiz varios tratamentos mas numca fiquei bom passo mal dirigindo no transito em ambientes fechados é uma ansiedade que não acaba numca não trabalho por conta disso já tenho 31 anos não sei mas o quê fazer se alguem teve o tratamento com sucesso por favor mim indique esse tratamento meu contato é juniordocharque2000@bol,com.br,agradeço desde já.

    junior
    12/04/11 às 1:13 pm
  13. estou passando por depressão e pânico faz 3 anos no começo as coisas ficaram muito difícil fiquei muito mal,6 meses sem sair de casa ou melhor abandonei minha casa,e fui pra casa de minha tia.tinha medo de tudo,não comia nada,não queria tomar banho e escutava vozes negativas falando comigo,foi terrivel me desliguei completamente pro mundo,nem cuidar do meu filho ian eu cuidava,fui ao médico que me receitou varios remedios,muito forte no começo eu ficava dopada mais com passar do tempo o organismo se acustumou,eu estava um bagulho muito magra e acabada,com passar do tempo fui melhorando as poucos. mais esqueci do principal rezar todos os a deus,hoje estou gravida do meu segundo filho,me pegou completamente de surpresa,tomava a pilula e mais os remedios de pressão e mesmo assim peguei outra gravidez, hoje continuo com esse mesmo problema,tive que mudar de médico, pois o dinheiro subiu a cabeça dele, e no nomento que mais precisei ele não deu a mínima questão de quere me ajudar,n~~ao consigo dormir seja de manhã ou a noite tenho medo pois fico achando que vou morrer,so passa pensamentos negativos,sinto muito medo de ir para a maternidade,sinto muita dor de cabeça,a final não vivo direito. peço se podem me ajudar com alguma terapia, preciso muito de ajuda estou grávida de 5 meses,e ainda tem o problema de saúde de meu marido que precisa de um transplante de rins,isso tudo me deixa muito mal, so quero ficar boa pra tomar conta de meus filhos e meu marido,poder ser uma famíla feliz de novo,tenho 29 anos e tenho certeza que tenho muita vida pra viver so quero ficar curada me ajudem

    kelly lima
    11/04/11 às 8:27 am
  14. Olá, tenho sindrome do panico tambem e estava lendo os recados acima. Vejo muito desespero e pedidos de ajuda, porém só você mesmo vai poder se ajudar.
    Como disse o Andre acima, de um dane-se pra algumas coisas e pense que você não vai morer por causa disso. então a vida continua.. va atras da sua felicidade e sai de cima dessa cama e vai viver tua vida que ta passando pela janela..
    eu to fazendo isso e me sinto muito melhor!!
    tenho crises e quanto os tenho, simplesmete coloco na minha cabeça.. eu nao vou morrer por causa disso e tento me acalmar.. depois vou fazer uma corrida ou sair com pessoas e tudo passa..
    essa sindrome é muito ruim, mas se ficar com papos que precisa de ajuda e muita dor e negatividade, você nunca irá melhorar! e outra coisa, pare de procurar coisas na internet.. isso vai te deixar mais doentes! PRA CIMA PESSOAL! abraços!

    Thiago
    09/02/11 às 12:23 pm
  15. eu amo a minha mae e ela passou mal o que eu fasso?

    bruna
    07/01/11 às 10:34 am
  16. Olá a todos. Quero deixar aqui também o meu relato.
    Comecei a ter crises de ansiedade e pânico depois que um parente muito querido faleceu. Depois disso, com as pressões do dia a dia no trabalho e em casa, foi piorando, mas eu nem sabia na época o que eu tinha. Passava em vários médicos, que me diziam que eu só tinha problemas de pressão alta. Depois de muitas consultas, um cardiologista me informou que eu poderia estar passando por crises de ansiedade e me recomedou um psiquiatra. Na época nem liguei, pensei que eu não precisava disso. Erro meu.
    Comecei então um tratamento com acupuntura, que atenuava os sintomas, mas não resolvia. com indicação de amigos, comecei um tratamento com psiquiatra, com ansiolíticos e anti-depressivos. Depois comecei também, ao mesmo tempo, a terapia. Foi a melhor coisa que fiz e foi o que resolveu o meu problema. Mas demorou 2 anos. Hoje levo uma vida normal, mas tenho crises de tempos em tempos, mas agora que conheço o problema, já entendo quando passo mal e não me desespero.
    Normalmente as pessoas quem tem a síndrome do pânico são perfeccionistas, se cobram demais, querem ser aceitas pelas pessoas, e são tímidas e retraídas. Uma dica é: aprenda a relaxar e entenda que ninguém é perfeito. Se aceite mais como você é e entenda que todos têm problemas.
    Aperte o botão do “dane-se” de vez em quando e tente ser mais tranquilo em tudo o que faz, sem pressa.
    Minha dica para todos que possuem esse problema é fazer mesmo o tratamento com remédios (com um bom psiquiatra, de preferência particular) e ao mesmo tempo, terapia. Pois é na terapia que você vai se conhecer melhor, conhecer de onde vem esses medos, e assim conseguir se controlar. O remédio servirá apenas para se livrar dos sintomas, uma espécie de “muleta” para você se apoiar até conseguir andar com as próprias pernas.
    Bem, espero ter ajudado.
    Boa sorte e fiquem com Deus.

    André
    10/11/10 às 6:28 am
  17. ME AJUDEM POR FAVOR

    pamella pethy
    27/09/10 às 11:22 am
  18. È JÀ TENHO SEIS MESES COM ESSES SINTOM,AS NÂO ACHO NIMQUEM PRA MIM AJUDAR CADA DIA QUE PASSAR PIORA MINHAS ORAÇÔES ESTÂO SEMPRE PRESENTES ISSO QUE ME CONFORTAR MAIS. A PARTIR DE HOJE SÒ PENSO POSITIVO ACHO QUE VOU FICAR BOA POIS TENHO MUITAS FÈ EM DEUS E ELE VAI ME TIRA DESSA.

    edna carlos santos
    25/09/10 às 10:02 am
  19. Gente lendo alguns sintomas sobre a sindrome do pânico, volto a afirmar isso não é real é uma defesa do organismo. Uma coisa que vcs devem entender é q é muito bom vcs tomarem coinsciência do problema isso já é um passo importantissimo para a melhora ou talvez a cura.Vcs perceberem o que está acontecendo o pior seria se isso não acontecesse ae sim estariam a beira de uma loucura um caso mais sério não é q a sindrome do pânico não seja uma doença séria ela desgasta ela pertuba mas não mata.Existe tratamentos alternativos com ótimas respostas falem com seus médicos sobre fitoterapia fazer um tratamento paralelo ao q já fazem procurem atividades fisicas leituras execitar mais a fé essa associação dará uma clareada no pensamento e vcs poderam enxergar novos horizontes conversem com seus médicos a respeito de associar oas medicamentos uma terapia alternativa q juntos darão mais suporte e menos desesperos.

    Teresa Cristina.
    20/08/10 às 12:27 pm
  20. Olá pessoal lendo os comentários me prontifico a colaborar com q eu sei a respeito da doença. O que me deixa tranquila a respeito dos comentários é que vcs estão cientes do que está ocorrendo isso é um ponto fundamental para a melhora, ou até quem sabe a cura. Digo isso a cura pq irá depender muito de cada um saber entender o q está acontecendo e interpretar que pode sim se livrar da sindrome do pânico.Existe muitos tratamentos alternativos com respostas ositivas de melhoras e até melhor sem recaidas isso é fundamental pra cura procurem profissionais sérios que trabalhem não sómente o fisico mais o sutil tbém existe terapias que ajudará bastante procurem a fitoterapia um terapeuta que trabalhe com isso ou tbém informe a seus médicos a vontade de s e tratar com essas alternativas tipo, tratamento paralelo obterá ótimos resultados até breve e boa sorte.

    Teresa Cristina.
    19/08/10 às 9:49 pm
  21. HOJE FAZEM 10ANOS QUE FIZ UMA CIRURGIA DE ANEURISMA CEREBRAL.SOFRI MUITÍSSIMO,MAS GRAÇAS A DEUS FIQUEI RECUPERADA SEM NENHUMA SEQUELA APARENTE.MAS DE UNS CINCO ANOS PARA CÁ FUI PEGA POR UMA CRISE TERRIVEL DE DEPRESSÃO,PANICO E FIQUEI MUITO MAU.TINHA VONTADE DE DORMIR E NAÕ ACORDAR NUNCA MAIS.VIVIA TRISTE,MAL HUMORADA E APREENSIVA, COMO SE A QUALQUER MOMENTO FOSSE ME ACONTECER ALGUMA COISA TERRIVEL, NÃO FREQUENTAVA LUGARES CHEIOS E NEM IA PARA LUGARES QUE FICASSEM LONGE DE HOSPÍTAIS.TEVE UMA ÉPOCA QUE ACHEI QUE TAVA LOUCA, DEMOIS ME CONVENCERAM QUE ESTAVA COM PROBLEMAS ESPIRITUAIS, QUE TINHAM DESENCARNADOS QUERENDO SE COMUNICAREM COMIGO,QUERIAM A MINHA AJUDA. FUI A CENTROS ESPIRITAS, FUI EM PSCOLOGOS, PSIQUIATRAS, SOFRI DEMAIS , CHOREI MUITO. MAS QUANDO PERCEBI O EU ESTAVA FAZENDO COM A VIDA DOS MEUS FILHOS ENCONTREI FORÇAS PARA LUTAR;POR ELES JÁ QUE A FELICIDADE DELES DEPENDEM DA MINHA.FIZ UM PACTO COM DEUS, INDEPENDENTE DE RELIGIÃO, REZO COM FÉ ENTREGO TODOS OS DIAS A MINHA VIDA A ELE E ACREDITO QUE NÃO NOS FEZ ASSIM, CONFUSOS E MEDROSOS, ISSO ACONTECE PORQUE AOS POUCOS VAMOS NOS DISTANCIANDO DELE, PERDENDO O CONTATO E NOS SENTIMOS SÓS, ÀS VEZES ACREDITAMOS ESTARMOS SENDO PUNIDOS POR ALGUMA COISA. MAS A COISA MAIS INCRIVEL E ESPETACULAR QUE EU DESCOBRI É QUE DEUS NÃO É COMO NÓS. ELE NUNCA NOS DEIXA NAS HORAS DIFICEIS,SOMOS NÓS É QUE NA LOUCURA DOS NOSSOS PENSAMENTOS AVASSALADORES E DISTORCIDOS, SOLTAMOS A SUA MÃO E FICAMOS TÁO SÓS, E COM TNTO MEDO, DE ALGO QUE NÃO CONHECEMOS: O FUTURO TEMOS MEDO DE MORRER. MAS POSSO GARANTIR PARA VCS QUE A MORTE NÃO É ASSIM, ELA NÃO ASSUSTA, NÃO AMEDRONTA . JÁ ESTIVE DE FRENTE COM ELA E TUDO O QUE SENTI FOI UMA ENORME PAZ.QUANDO VOCES CONSEGUIREM ACREDITAR COMO EU CONSEGUI QUE INDEPENDENTE DO QUE SOMOS , FAZEMOS OU SENTIMOS, DEUS NUNCA VAI SOLTAR SUA MÃO.TENHAM BONS PENSAMENTOS E CONFIEM INCONDICIONALMENTE NELE. E SEMPRE QUE ENCONTRAREM ALGUEM COM UM TIPO DE PROBLEMA QUE VOCÊ POSSA AJUDAR,NÃO DEIXE PASSAR A SUA CHANCE DE AJUDAR. POIS É DANDO QUE SE RECEBE. E TUDO QUE VOCE FIZER DE BOM PARA ALGUEN FARÁ VC SE SENTIR MUITO MELHOR. OUTRA DICA PENSE MENOS NOS SEUS PROBLEMAS E MAIS NO QUE VC TE DE BOM E MARAVILHOSO NA SUA VIDA. ESSE NOSSO PROBLEMA DE PÂNICO É UMA LUTA DIÁRIA, MAS DESEJO QUE VCS COMO EU, CONSIGAM PAZ COMO EU ESTOU VIVENDO AGORA DEPOIS DE TANTO SOFRER. FIQUEM COM DEUS,PORQUE ELE COM CERTEZA NESSE MOMENTO ESTÁ AÍ DO SEU LADO,SÓ ESPERANDO QUE VOCE TENHA UM TEMPO PARA DIALOGAR COM ELE.PEÇA O QUE VC QUER DELE, AGRADEÇA PELO QUE JÁ TEM E OUÇA O QUE ELE QUER LHE DIZER . SAIBA FAZER SILENCIO PARA OUVI-LO.SINTA SUA PRESENÇA , RESPIRE LENTAMENTE E ACREDITE: ELE É SEU PAI E VAI CUIDAR DE VOCê.

    LUCIENE
    19/08/10 às 8:57 pm
  22. comigo a minha vida acabou não sai mais de casa e quando sai moro de medo de tudo e de todos minhas penas tremen a minhas mãos sua de+++
    preciso de ajudar!

    luciano gomes
    14/08/10 às 4:18 pm
  23. Meu Deus eu não sei o q fazer mais de minha vida, To com sindrome do panico e sinto q estou entrando em depressão to perdendo tudo em minha vida com essas crise a 1 ano tive q sair do emprego e estou desempregado ate hj por causa dessa doênça maldita não tenho mais animo pra nada em minha vida não saio de casa não consigo estuda ficar em casa sozinho é um tormento pra mim não sei mais o q fazer pesso a Deus todo dia pra me liberta disso e tira esses pensamentos de minha cabeça pois tenho medo de acabar fazendo uma besteira… Por favor preciso muito de palavras de conforto e de muita força pra seguir em frente… Me ajudem…

    Elias

    elias
    03/08/10 às 1:48 pm
  24. tenho muito medo me ajudem…to sentindo muita coisa parece nao ser sindrome do panico eu tiro minha pressao a cada 5 minutos…senhor me ajudem

    gardenai carvalho
    30/07/10 às 11:48 am
  25. Bom, meu caso eh um pouco diferente..
    tenho um amigo que sofre de sindrome do panico e depressao, ah uns 5 anos.. não sei como posso ajudalo.. ele toma varios calmantes diariamnente.. teve dias que chegou a tomar uns 5 comprimidos de revotril e mesmo assim demorou pra conseguir sormir.. entre outros varios outros calmantes que ele toma diariamente, ele eh uma pessoa mto sozinhaaa.. tem 37 anos e eu 20 anos
    Gostaria de saber como posso ajudalooo.. Oq posso fazer quando ele fica mal??

    Laura
    12/07/10 às 2:43 am
  26. ola, meu nome é erica e tenho 32 anos a 4 tomo remedios, para o controle de ataques do panico, meu psiquiatra vovoa me dizendo para q eu n engravidasse, se eu n quizesse ter outros ataques, mais tenho um casamento estruturado e nos queriamos muito mais um bebe. agora estou gravida de 2 meses,meu medico psiquiatra cortou meus remedios e agora estou desesperada…pois ja estou sentindo q as crises estao voltando, por isso peço por favor oq posso fazer, sera q tem alguem q possa me ajudar , por piedade respondam meu email…obrigada

    erica
    28/06/10 às 4:59 pm
  27. faz +ou -uns 12 anos que tomo medicaçao para depressao e sindrome do panico ja fiz tambem terapia no inicio resolvel +ou – em agosto de 2007 fui submetida a uma cirurgia de histerectomia total no qual quase morri de tanto medo de la ate agora tenho tido muito medo das coisas tipo viajar de carro ou ate mesmo camversar com aspessoas gosto de ficar sozinha ou junto com pessoas positivas mas como nen sempre isso e posivel sou casada mas meu marido nao me ajuda dis que nao me entende eu nao posso falar nada que ele fala que e coisa da minha cabeça tenho alguns probleminha de saude mais nao sou de me entregar sei que nao estou louca pos consico trabalhar sair resolver varias coisas e ai que fico muito nervasa começo asentir muitas dores e fico derrepente com o coraçao acelerado começo a imaginar coisas e emtro em panico sintofalta de ar e outros sintomas orriveis e uma sensaçao de marte nao sei o que fazer por favor m e ajuda pos estou desesperada estou ate querendo me separar do meu marido que convivo a vinte cinco anos .

    maria elena da silva brantes
    15/05/10 às 3:01 pm
  28. Olá pessoal Também tenho sintomas e faço tratamentos químicos(rivotril) e psicológicos. minha mãe é neuropsiquiatra e isso me ajudou bastante.Li todos os relatos acima e concordo que cada um adote uma filosofia(seja religião:evangélica,kardecista,universo místico e etc…)
    cabe frisar, que estamos uns com outros tentando descobrir uma maneira de solucionar ou amenizar.

    Acredito tbém conforme ressaltaram, que o pensamento positivo,equilíbrio,força da vibração e tbém hábitos como leituras,viagens,meditações, são métodos de controlar o sintoma sem descartar o medicamento, O PRINCIPAL.

    Cada um se identifica ou procura uma solução para resolver.

    A MENTE É O INSTRUMENTO MAIS PODEROSO DO NOSSO COMPORTAMENTO…

    Cada relato acima tem seu valor,e juntos com nossas experiência conseguiremos triufar!

    abraços

    marcelo elijah
    07/04/10 às 5:27 pm
  29. A sindrome do pânico é um alerta de que alguma coisa não está bem.Os sintomas que parecem tão reais,na verdade são irreais mas só, as pessoas que sofrem disso não tem o controle para entender.Existe vários tratamentos com a medicina alternativa em que a preocupação é o doente e não, a doença então gente procurem junto ao seu médico um terapêuta alternativo para que juntos possam amenizar os sintomas e quem sabe até curar mas isso,vai depender de cada um desde que o paciente entenda o problema e tenha controle sobre ele, já é quase meio caminho andado para se livrar da sindrome.

    teresa
    18/03/10 às 8:08 pm
  30. Olá tenho 27 anos e a um ano e 3 meses sofro com depressão,quando iniciei tava grávida de 3 meses e isso dificultou o tratamento,hje meu bebe está com 8 meses e continuo tomando medicação fraca e fazendo terapia,sinto medo,angústias e outros sensações horriveis,mais oque tem me ajudado a vencer essa doença é ir a igreja buscar a Deus,pois creio que vai me curar e me libertar desses remédios pois nele há todo poder.
    Que Deus possa abençoar a cada um!!!!!

    Luana
    18/03/10 às 12:29 am
  31. Teresa cristina (terapeuta floral e ortomolecular com ênfase em homeopatia.)

    teresa (terapeuta ortomolecular)
    10/02/10 às 12:41 pm
  32. pessoal é muito desanimador saber, que durante alguns anos de uso de medicação para sindrome do pânico, voltaram a sentir os sintomas devido a não assimilação do organismo ao medicamento para o controle da doença.Existe outras formas de tratamento sei que o rivotril é o remédio que dá uma resposta mais rápida ao tratamento porém, não impede de o paciente ter uma reincidiva no qual precisará de outras medicações ou aumentar a dose do rivotril já que se leva muito tempo para talves a cura ou então diminuição das crises.Existem outras formas alternativas de tratar junto ao rivotril o transtorno e assim obtendo-se um resultado mais animador sem ter reincidiva.O tratamento psicoter[apico é fundamental, onde haverá uma abordagem a respeito de traumas medos enfim tudo que contribui parac tal aparecimento da doença é claro que junto com a medicação obterá uma qualidade de vida melhor e uma clareza para dar com o problema existe também florais de bach onde se obtém o desbloqueio de energias a homeopatia de onde se tira ótimos rresultados e ortomolecular de onde virá um tratamento para equlibrartodo um organismo tanto psiquico quanto fisico existe um leque de opções para as pessoas amenizarem os transtornos ou saber controlar melhor a doença.

    teresa
    10/02/10 às 12:36 pm
  33. tenho 29 anos estou tendo depressão pela segunda vez,
    faço tratamento com um psiquiatra, tomo alguns remédios, o tratamento é um pouco caro, desa vez está muito complicado
    já estou passando por isso a quase 1 ano.
    Queria receber alguma informação que pudesse me ajudar de alguma forma.

    renata da costa rodrigues
    04/02/10 às 7:15 pm
  34. Ha algum tempo tive uma perda afetiva a qual me deixou com um principio de depressão, pois alguns meses mudei de estado e coloquei muitos objetivos na minha vida, so que estes planos nenhum foram realizados nem profissionalmente nem pessoalmente, ultimamente ando sem coragem para nada. nao sinto prazer em nada, humor sempre baixo e ate um filho que estou aguardando nao vejo com bons olhos, e nos ultimos dias sinto a sensação de estar sendo seguido de estar em risco, e tenho vez por outra acordado pela madrugada com sensação de estar em risco e com boca seca , sera iso um inicio da sidrome do panico ou depressão?

    claudio
    04/02/10 às 11:44 am
  35. preciso de ajuda com urgencia preciso de indicações de médicos

    marcela farias martins salles
    28/01/10 às 11:47 am
  36. Pessoal eu sei commo vc´s se sentem. Eu tive minha primeira crise a um ano atrás. Achei que estava enfartando, etc. Isso tudo ocorreu depois que eu casei. Coloquei várias objetivos na minha vida, e tive que correr atrás. Isso tudo foi gerando uma ansiedade muito grande até que um dia o Pânico tomou conta de mim. A verdade é que agora quando me vejo sob pressão eu tenho as crises. Quando chego em casa para fazer nada, nada eu sinto. Mas quando começo a estabelecer objetivos, metas, quando começo a me desafiar como estudar para uma prova as crises voltam. Para piorar tenho TDHA e tenho que tomar Ritalina, que é um tipo de anfetamina, e tem dia que ela me agita demais e tenho crise. Não é fácil viu. Mas vou levando, as crises não são mais intensas como na primeira vez, elas agora duram coisa de uns 30 minutos, quando se prolongam muito eu tomo 1/4 de bromazepam. Corro na praia todos os dias, e me ajuda, só nao sei a quantidade pois ainda tenho crises. Força para todos e vamos em frente.

    Pedro
    20/01/10 às 6:23 pm
  37. marilene bom dia , a unica solução até agora que eu realmente vi que tem solução mas não uma cura magica mas em está amenizando vagarosamente, é a leitura de livros que se dediquem a palavra de Deus e principalmente ir a uma igreja se vc for catolica vá numa carismatica e se for evangelica vá numa igreja que tem cultos de louvor e adoração, vá em escolas biblica dominicais, isso tudo serve pra ocupar nossa mente com coisas boas, ou seja, as coisas de Deus, não existe psicologo melhor do que Ele, ore, escute musicas de louvor, ocupe sua mente com coisdas boas. Eu nao estou 100% CURADO, MAS, DIGO 80% tem duas semanas que eu percebi que estou bem dentro da igreja entao resolvi levaar a igreja a ocupar o tempo que ocioso que tenho, meu rivotril era de 1 mg agora estou tomando de 0,25 e tenho fé em Deus que vou deixar de tomar ele. Pense bem a solução está na decisão que você ira tomar, se entregue a Jesus que ele te dará o retorno. Mateus 11 28 a 30 diz:Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.
    Amém.

    ggabriel manasfi
    18/12/09 às 10:06 am
  38. também sinto tudo isso não fico sozinha não saio de casa sozinha ,antes eu ate saia com a minha mãe e o meu marido estava me recuperando de todo mal mais faz 4 meses que meu pai faleceu e tudo isso piorou não fico sozinha em casa não sai mais de casa a cada dia parece que estar piorando mais tenho buscado em Deus para mim ajudar so ele pode tirar a tristeja em nossos corações as pessos tentam nos ajudar mais elas não consegue elas dizem que só nós mesmas podemos nos ajudar mais eu mesma não sei como, queria saber como que ai além de me cura ajudaria muitas pessoas a para de sofrer tambem tomo alprazolam e outro apa ansiedade. proucura a sempre ouvir coisas boas e pede a Deus que nos de forças para vencer tudo isso em nossas vidas

    marilene
    13/12/09 às 6:25 pm
  39. tb tenho os mesmos problemas, minha esposa nao acredita no que sinto, ela diz que quem so vai curar isso sou eu mesmo nem chego a comentar os sintomas que sinto, poism guardo pra mim, tomo rivotril e ja nao adianta nada sinto dores no peito palpitações dormencias em partes do corpo, mas, ja reparei uma coisa tudo que eu sinto vai embora qd estou na igreja nada sinto nem palpitação. Procurar grupos de altoajuda, de estudo, ocupar a mente com outras coisas e nao dar lugar para esses pensamentos que rodam nossas cabeças e fundamental, tento fazer isso mas tem horas que penso que vou morrer, mas nao desisto ou bom ou ruim vou trabalhar fazer as coisas que tenho que fazer tenho que enfrentar, tenho medo, mas, tenho que enfrentar essas sensações horriveis, obrigadoa todos, fiquem com Deus!!!

    gabriel manasfi
    27/11/09 às 11:50 am
  40. Meus amigos tambem estou sofrendo com depressão e trastorno do pânico , já não sei oque fazer mais e naõ tenho esplicação por ter chegado a esse ponto tenho vergonha de mim mesma quando estou em crise.E TOU TOMANDO EUTONIS , pamelor rivotril e pondera gostaria muito de ter uma esplicação para tanto sofrimento.

    Adriana
    23/11/09 às 9:31 pm
  41. Falar é fácil, não sabia mas convivo comessa situação desde os 10 anos. Etou com 52.a epressão e o pânico ficaram mascarados por um tempo, agora voltaramcom a corda toda. Tem gente que diz que é mal espiritual, prefiro não acreditar nisso… sou lógico. MAs sofro muito. Ainda mais quaundo arrasto esposa e filhas pra esse poço sem fundo. Até qQUANDO MEU CORPO VAIA AGUENTAR ISSO?
    Minha vida profissional, sexual, social e famioliar estão por um fio

    Claudio Carvalho
    04/11/09 às 9:20 pm
  42. Queridos amigos. Sei exatamente o que estão sentindo, pois também estou em tratamento. Muitas são as providencias necessárias para resolver o problema. Dentre elas: Procurar um bom psiquiatra para que ele possa receitar a medicação adequada para seu caso.
    Nunca interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
    Obter o máximo de informação possível sobre a síndrome e ensinar as pessoas próximas.
    Ter o carinho e a compreesão das pessoas que amamos.
    Fazer acompanhamento psicológico.
    Procurar entender as reações do próprio corpo e ter em mente que é apenas um “alarme falso” do organismo.
    Evitar pensamentos negativos.
    Procurar conversar com pessoas que se curaram e se possível, (nem sempre é) não parar com todas suas atividades
    Fazer atividades relaxantes como assistir comédias, massagem, Ioga, Meditação e evitar situações de estresse.
    Ter muita fé em Deus.
    Que Deus abençoe MUITO todos vocês!

    Igor
    27/08/09 às 9:17 pm
  43. Tenho transtorno do Pânico a 8 meses, comecei tratamento com psicólogo, no começo me ajudou um pouco, mas as crises começaram a aumentar, procurei um psiquiatra que me receitou Pondera 25mg e Somaliun 6 mg, tomei o somaliun por 2 meses, melhorei bastante, mas nao queria ficar dependente destes remédios, então parei com o somaliun e comecei a parar com o Pondera, minhas crises começaram a voltar, e hoje tenho medo de qualquer reaçao que sinto no meu corpo, desde uma dor na perna, um formigamento na mao, dor no peito, tudo….
    é muito doloroso, minha esposa e meus pais já nao sabem oque fazer.

    Anderson
    06/08/09 às 6:55 pm
  44. Eu como a Kátia e a Lilian, sofro do mesmo mal. É muito triste a gente sofre tanto e as pessoas acham que é fricote. Quando sai negativo para os exames, todos nos olham como se estivéssemos querendo chamar atenção. Elas não sabem é que eu daria tudo para sair dessa e nunca mais ter esses sintomas. Para piorar o SUS, não dá apoio seguro a nenhum portador do problema. Cada revisão é um médico diferente, que muda toda a medicação.No retorno te mandam para outro médico,ele troca de novo os medicamentos e agente continua neste sofrimento.Só quem tem sabe a tortura que é uma crise de pânico.

    Luciene
    13/07/09 às 3:16 pm
  45. Como informou a Katia acima, sinto a mesma coisa. Tive isso a uns 4 anos,comecei a chorar muito e de repente veio o medo…medo de tudo…das pessoas… mas sei que agora meus familiares tb estão cansados.. não falam nada disso mas eu sei. No momento não estou trabalhando também.
    Estou tomando Cloridratode paroxetina, Rivotril e Alprazolam pra dormir. Engordei e não estou comendo muito. Não tenho vontade pra nada.Meu namorado me ajuda muito, mas sinto que ele também está se esgotando. Eu quero melhorar,preciso melhorar, mas tem horas que estes sintomas são mais fortes que eu.
    Não aguento mais isso tudo! O que faço?

    Obrigada

    Lilian
    12/06/09 às 4:07 pm
  46. estou com esse problema a dois anos tomo de 6 a 4 mg de rivotril e nem sinto mais efeito nao vivo sem o remedio
    eu estava bem melhor mas estou triste denovo e esta piorando a cad dia e é sempre assim começa com a depressao e ai vem o panico devagar

    estou com medo e nao tenho condicoes algumas de fazer tratamento algum nao trabalho por causa do panico e o governo esuqece que a maioria das pessoas hj tem essas doenças e precisam de ajuda

    sei que esta voltando td e estou sem forças antigamente tive mta ajuda mas minha familia esta cansada e sei que nao tenho apoio agora

    minha cabeça esta um turbilhaooo

    e estou me sentindo fraca é como se minhas energias estao sendo sugadas a cada dia comparando hj estou mto melhor que a 1 ano atraz mas sei quando esta voltando e qundo estou bem e agora esta voltando e estou com medo nao quero passar por td novamente

    obrigada

    katia

    katia
    17/05/09 às 1:29 am