Como eliminar manchas da pele

As manchas na pele são inimigas da beleza e da autoestima e podem ser causadas por inúmeros fatores, saiba como elimina-las.

Muitos não sabem, mas é no inverno que os tratamentos de pele proporcionam maiores resultados até porque a intensidade do sol é menor e a exposição a ele também é menor. Assim, se torna mais fácil clarear a pele e acabar ou amenizar com estas imperfeições que incomodam tanto, principalmente no verão. Contudo, é válido ressaltar que é nesta estação mais quente do ano que surgem a maioria das imperfeições na pele, como as temidas manchas devido ao excesso de exposição ao sol, mas engana-se quem pensa que somente a praia ou piscina pode resultar no aparecimento de manchas, pois a exposição diária também contribui para isso. Desta forma, os cuidados com a pele devem ser diários, incluindo uma boa limpeza, a aplicação de um bom protetor solar com pelo menos fator 15 FPS, seja em dias ensolarados ou nublados. Mas se você já adquiriu as temidas manchas na pele, saiba que existem alguns tipos de manchas, ao contrário do que todo mundo pensa, assim conheça-as:

-Melanoses solares ou manchas senil: Estas são manchas que possuem cor castanha, podendo ter tonalidade clara ou escura, e que podem aparecer a partir dos quarenta anos de idade e têm como principal causa o fotoenvelhecimento da pele, o qual é o envelhecimento do tecido resultante da ação solar. O rosto e as mãos são as principais regiões que sofrem com as melanoses pelo fato de sempre estarem em grande exposição ao sol.
-Melasmas: Estas são manchas castanhas que aparecem na região da face, as quais aparecem entre a combinação da predisposição genética e exposição ao sol, podendo assim estar relacionadas com o uso de anticoncepcionais ou durante a gestação.
-Sardas ou efélides: estas são pequenas manchas castanhas que podem aparecer em conjunto ou isoladamente, sendo que aparecem geralmente entre os três e cinco anos de idade, e são mais comuns em pessoas de pele e olhos claros. Muitas pessoas não sabem, mas é preciso ter cuidados com as sardas, pois com o tempo elas podem escurecer.

Quais são os tratamentos existentes para amenizar as manchas na pele? Veja-os logo abaixo, sendo que os preços entre eles podem variar de clínica de estética para clínica de estética e de região para região:

-Hidroquinona: Esta substância é utilizada na concentração de até 5%, sendo despigmentante, tendo a função de inibir a ação da tirosinase, enzima responsável pela produção de melanina. Pode ser utilizada no máximo em 9 meses, já que pode resultar em irritação, principalmente em pele sensível.
-Ácido kójico: Esta é uma substância despigmentante derivada do arroz, proporciona um resultado mais leve, sendo assim, pode ser adicionada ao ácido glicólico para aumentar a sua eficácia.
-Clarinskin II: Esta é uma substância extraída do gérmen de trigo, é despigmentante e tem a vantagem de ser permitida para gestantes.
-Idebenona: É também uma substância despigmentante que possui efeito clareador muito forte, por este motivo, tem como resulta diferentes reações adversas.
-Cosmocair C250: Esta substância equilibra a síntese de melanina e controla a melanina nas células da epiderme.
-Nano White: Esta substância possui relação com o arbutin e outros ingredientes que possuem efeito antioxidante, como a glutationa e as vitaminas C e E.

Contudo, o pelling é o tratamento realizado com ácido que possui um valor médio, e superior aos tratamento que têm como base cremes formulados, assim caso você fique em dúvida quanto ao tratamento para remover as manchas da pele, certamente o seu dermatologista indicará o melhor para o seu tipo de mancha. Como dica primordial você deverá se esquecer do sol por um longo tempo ou até o fim do tratamento, caso contrário você poderá fazer com que novas manchas surjam.

Publicado por Maikon
Revisado em 26/09/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar