Como funciona a prática do casamento arranjado

O casamento é a celebração mais realizada em diversas culturas, com suas diferenças. Saiba como é a prática do casamento arranjado.

Como funciona a prática do casamento arranjado

O casamento arranjado é algo que ainda acontece em países como China, Japão, Filipinas, na maior parte dos países do Oriente Médio e nas zonas rurais da Irlanda.
Na Índia os casamentos arranjados eram negociados como contrato de ordem financeira ou religiosa. As mulheres mais valiosas são aquelas oferecidas virgens e se, por acaso for constatado pelo noivo na noite de núpcias que a moça não é virgem, ele tem direito a devolvê-la para a família.

No Japão existe o nakodo, que é o intermediador entre as famílias dos noivos. Ele faz uma espécie de pesquisa sobre o passado das duas famílias e seu nível social, sendo que o do noivo teria que ser maior ou igual ao da noiva. Antigamente, o casal tinha que obedecer a vontade de seus pais, ainda existe alguns casamentos feitos dessa maneira, mas são poucos.
Na China as meninas eram destinadas a se casar por obrigação. Os pais não se importavam se ela era amada ou respeitada pelo marido, pois a partir do momento em que se casavam a menina não mais pertencia a sua família e o divórcio era proibido.

Nas Filipinas o homem pode escolher com quem pode casar se ele puder aumentar a riqueza de sua noiva e da família dela, caso contrário, o noivo pode ser rejeitado. Mas se homem e mulher forem formados no Ensino Superior já não se casam dessa maneira.

No casamento islâmico, no caso de serem menores de idade, é preciso da aprovação dos guardiões (na maioria das vezes os pais ou, por falta deles, alguém responsável) das crianças. Geralmente as meninas já são consideradas “moças para casar” a partir dos nove anos e os meninos, aos 10, porém a aceitação dos dois é necessária. A proposta de casamento é feita ao pai da menina ou ao seu guardião e o noivo oferece-lhe o dote, que só é aceito ou não se ambas as partes assim concordarem. É obrigatório ter antes do casamento um período de noivado que dure cerca de três meses e, neste período, a noiva só poderá estar perto do noivo se seu pai ou algum outro guardião estiver com ela.

No Brasil há registros de casamento arranjado entre os japoneses no período da Segunda Guerra Mundial, pois eram muito tímidos e desconheciam a cultura de nosso país, preferindo relacionar-se com pessoas de sua própria etnia. E também em períodos bem antigos do século passado.

Saiba mais sobre casamento:

Publicado por Ariane
Revisado em 03/03/2016

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar